‘Tanta história’, ex-alunos lamentam incêndio da Escola Modelo em Aquidauana

Incêndio atingiu o prédio na noite desta sexta-feira (24)

Dândara Genelhú Publicado em 25/12/2021, às 18h35

Prédio foi cenário para gravações de programa da rede Globo. - Foto: Reprodução | O Pantaneiro.

Após o incêndio que destruiu a Escola Modelo em Aquidauana, a 141 quilômetros de Campo Grande, ex-alunos lamentam a perda. O prédio é histórico e foi construído em 1930.

O incêndio atingiu o prédio na noite desta sexta-feira (24). Localizado em frente a praça principal da cidade, as chamas foram vistas por vários moradores que estavam apreciando a decoração de Natal.

Nas redes sociais, ex-alunos da escola se despediram com muita tristeza. “Triste. Um prédio tão lindo e com tanta história…”, escreveu um internauta.

“Triste fim da nossa escola modelo”, lamentou outro. “Minha primeira escola que estudei, que tristeza”, lembrou uma ex-aluna.

O incêndio

Localizado na região central da cidade, por volta das 19h40, as chamas atingiram o bloco onde são realizadas aulas de capoeira. No local também ficava o almoxarifado da prefeitura. Segundo informações do jornal O Pantaneiro, foram necessárias quatro horas de trabalho para o Corpo de Bombeiros conseguir controlar as chamas. O telhado, forro, portas e janelas ficaram comprometidos.

O prédio considerado patrimônio histórico cultural, foi construído em 1930, e além do almoxarifado da prefeitura, o prédio abriga diversos projetos e até uma faculdade EAD (Educação a Distância). No local também teve início o projeto "Adote um Atleta". Na época, o apresentador da Globo, Luciano Huck, esteve na cidade para conhecer o projeto.