‘Sangue de Jesus tem poder’: desafeto desiste de matar pedreiro ao ouvir oração da vítima

Autor acabou preso em flagrante

Thatiana Melo Publicado em 07/01/2022, às 07h39

(Ilustrativa)

Um homem, de 55 anos, acabou preso em flagrante na noite dessa quinta-feira (6), em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, depois de tentar matar um pedreiro de 50 anos. Ele acusava a vítima de ter participado do assassinato de seu filho. 

Segundo a vítima, ela estava em casa por volta das 21 horas dessa quinta (6), quando o autor chegou acompanhado de outro homem o chamando no portão de sua casa. Ao sair para ver  o que o homem  queria, uma arma foi apontada para seu peito e nesse momento o autor teria dito: “Agora você vai morrer”.

Nesse momento, com medo, o pedreiro passou a rezar dizendo: “Sangue de Jesus tem poder”. O autor, então, abaixou a arma virando-se em direção a outra casa fazendo os disparos contra a residência acusando o morador de também ter participado da morte de seu filho. 

A polícia foi chamada, mas o autor já tinha fugido e foi encontrado depois pelos militares na sua casa. A vítima disse não saber por que o autor teria o acusado de participação no assassinato do filho ocorrido meses atrás. 

O autor foi preso em flagrante e encaminhado para a delegacia. A arma usada no crime não foi localizada, mas sete munições deflagradas foram apreendidas no bolso do homem.