Padrasto é preso por estupro após mandar mensagem implorando para enteada não denunciar

Ao menos duas meninas foram vítimas do acusado
| 07/06/2022
- 16:17
Padrasto é preso por estupro após mandar mensagem implorando para enteada não denunciar
Imagem ilustrativa (Foto: Nathalia Alcântara, Midiamax)
Nesta terça-feira (7), homem investigado por estupro de vulnerável contra as enteadas foi  em Coxim, a 253 quilômetros de Campo Grande. As  tinham idades entre 10 e 13 anos na época dos crimes e ainda é investigado se uma terceira enteada também sofreu abusos. De acordo com a Polícia Civil, antes do pedido de  o padrasto de 44 anos chegou a mandar mensagem para a enteada mais velha. Ele teria implorado para que a vítima não o denunciasse, mas o caso chegou até a polícia em março. Após as investigações, foi feita representação pela prisão preventiva do acusado, que foi concedida. O homem foi detido na manhã desta terça, em casa. Interrogado, ele permaneceu em silêncio. Ele responde por estupro de vulnerável e o caso segue em investigação.