Outubro Rosa: prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama

O câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres no Brasil e no mundo

Le Blog Maria Antonia Publicado em 25/10/2021, às 17h00

Imagem: Reprodução
Cerca de 95% dos casos de câncer de mama diagnosticados no início têm chance de cura. Para aumentar a possibilidade de um diagnóstico precoce do câncer de mama você deve:
Consultar ginecologista – a consulta deve ser feita uma vez por ano ao menos.
Fazer mamografia – a partir dos 50 anos, é recomendada a realização de mamografia de rastreamento uma vez a cada dois anos. Se houver histórico familiar, o médico pode indicar que comece a ser feita mais cedo e com mais frequência.
Já o autoexame, embora seja muito importante fazê-lo para detectar alterações nas mamas, não há evidências de que ajude efetivamente na detecção precoce da doença. O diagnóstico precoce do câncer de mama aumenta as chances de cura e de um tratamento menos agressivo. Além de ser a melhor forma de evitar que a doença se espalhe.