MS atinge recorde de 99,73% do rebanho vacinado contra febre aftosa

Campanha que terminou em 15 de junho vacinou quase 12 milhões de bovinos e bubalinos

DA REDAÇÃO

09/07/2022 14:15

Com 11.722.450 bovinos e bubalinos vacinados, Mato Grosso do Sul atingiu o índice de 99,73% de imunização do rebanho contra a febre aftosa, de acordo com a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro). A campanha de vacinação foi realizada de 1º a 30 de maio nas regiões do planalto e no Pantanal, onde terminou no dia 15 de junho. Excepcionalmente, neste ano as etapas foram invertidas, com todos os bovinos e bubalinos com até vinte e quatro meses de idade deveriam ser vacinados na primeira etapa (em maio), e todo o rebanho bovino, de mamando a caducando, na segunda etapa (em novembro). Nos últimos anos Mato Grosso do Sul tem alcançado excelentes índices de vacinação de animais contra febre aftosa. Os resultados são reflexo do envolvimento dos produtores rurais e de toda cadeia produtiva da carne. O Estado terá status de área livre de febre aftosa sem vacinação a partir de 2023, ao concluir em novembro deste ano a última etapa para obter o título pelo Ministério da Agricultura. De acordo com o último levantamento do Programa Nacional de Vigilância para a Febre Aftosa (PNEFA), a campanha de imunização do rebanho bovino sul-mato-grossense deste ano será a última antes da certificação das autoridades sanitárias nacionais e internacionais.