Morre Freddy Rincón, ídolo do Corinthians, após sofrer acidente de carro

Freddy estava internado desde segunda-feira (11)Thatiana Melo| 14/04/2022- 07:08

(Reprodução)

Morreu na madrugada desta quinta-feira (14), o ídolo do Corinthians, Freddy Rincón, após sofrer um acidente de carro, e ser internado na última segunda-feira (11), com traumatismo craniano. O ex-meio campista tinha 55 anos, e não resistiu aos ferimentos.

médico Laureano Quintero, chefe da equipe do Hospital Clínica Imbanaco onde o ex-jogador estava internado disse, "Apesar de todos os esforços de nossa equipe de trabalho, Freddy Rincón Valencia morreu. Queremos expressar nossos sinceros sentimentos de condolências a seus familiares, amigos e seguidores", segundo informações do Portal UOL.

No carro onde estava o ex-jogador, mais duas pessoas ficaram feridas devido ao acidente, além do motorista do ônibus envolvido no acidente, que aconteceu no Bairro San Fernando, em Cali.

Freddy Eusébio Gustavo Rincón Valencia nasceu em 1966 em Buenaventura, a maior cidade portuária da Colômbia. Foi no time local que ele se destacou aos 19 anos, antes de passar por Tolima, Independiente Santa Fe e América de Cali, chegar à seleção colombiana e ir jogar no exterior. Além dos clubes brasileiros, ele também defendeu Napoli (ITA) e Real Madrid.

Trajetória

Rincón foi um dos grandes personagens do futebol brasileiro nos anos 90 e 2000. Ele foi campeão paulista pelo Palmeiras em 1994 e anos depois se tornou um dos maiores ídolos do Corinthians, pelo qual foi bicampeão brasileiro (1998 e 99) e campeão mundial como capitão, em 2000, no primeiro grande título internacional do clube. O colombiano ainda defendeu Santos e Cruzeiro no futebol brasileiro.

Rincón jogou por Palmeiras (1994 e depois 1996-1997), Corinthians (1997-2000 e 2004), Santos (2000-2001) e Cruzeiro (2001).