Confeiteira tem luz cortada pela Energisa e teme prejuízo com entregas no Dia das Mães

Por lei, energia não pode ser cortada em finais de semana, apenas em horário comercial

Mariane Chianezi| 08/05/2022- 16:36

Foto: Fala Povo, Midiamax
Moradora do Jardim Rouxinóis, em Campo Grande, a confeiteira Marilene Chiodi da Silva foi surpreendida com o corte de energia em casa na tarde deste domingo (8). Dependendo da luz para conseguir terminar os pedidos de bolos para o Dia das Mães, Marilene teme os prejuízos com os bolos já prontos e com o que precisa entregar.
Marilene, dona do espaço Travessuras D'Mary, disse ao Jornal Midiamax que assim que viu a equipe da Energisa chegando em frente à sua casa, conseguiu “correr” e bater na batedeira o chantilly para o bolo antes que a luz fosse cortada.
Sem maiores explicações, a equipe encerrou o abastecimento de energia da casa. “Meu esposo implorou para eles, mas eles não quiseram saber. Tinham feito o corte sem nem bater no portão para avisar”, disse à reportagem.
Vale lembrar que, pela  Lei Federal 14.015, o corte de energia elétrica não pode acontecer na sexta-feira ou no final de semana. Também não é permitido cortar a luz por falta de pagamento em feriados ou dias que antecedem feriados.
Ao Midiamax, a confeiteira explicou que a casa onde mora tem uma dívida em contas de energia da moradora anterior e que, apesar de tentar resolver o problema para que a situação fique ‘no azul’, a mulher teria se mudado sem aviso para outro país. A Polícia Militar chegou a ser acionada.
A reportagem acionou a Energisa para verificar o procedimento e foi explicado que situação da moradora estava irregular, como ela mesma disse e sobre o corte, disse que o desabastecimento aconteceu há quase um mês. Confira a nota na íntegra:
"A Energisa informa que uma equipe esteve no Jardim Monumento, na Rua Filomena Segundo Nascimento, onde foi constada irregularidade na Unidade Consumidora citada na reportagem. A UC foi desligada no sistema em 09/03/2021, e estava auto religada devido ao corte anterior. Para segurança da equipe a Polícia Militar foi acionada e o serviço finalizado.
Desde o início da pandemia, a Energisa está sensível ao momento econômico e oferece condições facilitadas de negociação para todos os seus clientes.
A empresa realiza negociação até por meio dos canais digitais de atendimento, como o WhatsApp 67 99980-0698 e o aplicativo Energisa ON, oferecendo descontos para pagamentos à vista, ou parcelamento pelo cartão de crédito. A negociação pode ser feita sem sair de casa e evita o corte de energia".
*matéria atualizada às 17h15 para acréscimo de informação
Sabendo de algo que MS precisa saber? Conta pro Midiamax!
Se você está por dentro de alguma informação que acha importante o público saber, fale com jornalistas do Jornal Midiamax!
Fala Povo: O leitor pode falar direto no WhatsApp do Jornal Midiamax pelo número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook.
Você pode enviar flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões com total sigilo garantido pela lei.