Com aumento da Petrobras, preço da gasolina deve chegar a R$ 7,10 em Campo Grande a partir de sábado

Preço do litro do diesel deve superar a gasolina e chegar a R$ 7,32 na Capital
| 17/06/2022
- 14:18
gasolina
(Foto: Leonardo de França/Jornal Midiamax)
O anúncio de reajuste de 5,2% na gasolina e de 14,2% no óleo diesel, feito nesta sexta-feira (17) pela Petrobrás, deve refletir em aumento médio de R$ 0,20 e de R$ 0,70, respectivamente, nas bombas de combustível em Mato Grosso do Sul. Desta forma, considerando o preço médio de R$ 6,904 em Campo Grande na última semana, segundo pesquisa da ANP, o combustível pode chegar a preço médio de R$ 7,104. Já o óleo diesel, que custou R$ 6,623 o litro no mesmo período, deve alcançar R$ 7,323 por litro, superando o preço da . Diretor Executivo do Sinpetro-MS (Sindicato do  Varejista de Derivados de Petróleo e Lubrificantes de Ms), Edson Lazarotto, destacou ao Jornal Midiamax a estimativa de aumento, mas observou que cada revendedor e região, devido a custos como frete, podem ter variações distintas, para mais ou para menos. O aumento anunciado é esperado para este sábado (18), o que pode ocasionar filas e grande procura por combustível a preço antigo, aos moldes do que ocorreu no início do ano, em Campo Grande. Contudo, de acordo com Lazarotto, há possibilidade de que o relfexo real nas bombas seja percebido no início da próxima semana. "De acordo com a Petrobras e a partir de amanhã, mas como o revendedor tem opção de livre mercado, temos que aguardar a partir de amanhã o reflexo real nas bombas", ressaltou.

Aumento anunciado

No último dia 15, o presidente da República, Jair Bolsonaro, já havia adiantado que a Petrobras está "dando dica de que quer aumentar os combustíveis de novo". "Não interessa quanto seja o aumento, já está absurdo o preço dos combustíveis", declarou em entrevista ao canal no YouTube da jornalista Leda Nagle. Na ocasião, analistas de mercado especularam que reunião entre a cúpula do governo e a diretoria da estatal na última segunda-feira (13) teria determinado que a gasolina subisse em 9% nas refinarias e o diesel em 11%, a fim de amenizar defasagem de preços com o mercado internacional.

Impacto

Além do preço nas bombas em auto postos, alta de combustíveis, sobretudo gasolina e diesel, têm influência direta na inflação, em índices como o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) e o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), a partir do qual o aumento do custo de vida é mensurado. Isso porque a logística de distribuição de itens que vão da cesta básica a medicamentos é feita por via terrestre, por veículos que utilizam esses combustíveis, principalmente o diesel. No último mês de maio, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), os índices INPC e IPCA foram medidos, em Campo Grande, em 0,17% e 0,27%, respectivamente. No caso do IPCA, foi registrada queda de 0,94% em relação ao mês anterior e inflação acumulada em um ano no índice de 12,07%. Mas, foi justamente o combustível que mais pesou nos orçamentos domésticos.

Mais barata

Neste sábado (18), Feirão Sem Imposto vai comercializar gasolina a R$ 4,50 em Campo Grande. A iniciativa é encabeçada pelo Conselho de Jovens Empresários da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG), em parceria com o Grupo Taurus. “A ideia é conscientizar a população sobre a alta carga tributária paga pelos brasileiros, esclarecendo os impostos incidentes sobre a gasolina, insumo de grande importância na cadeia do consumo de bens e serviços. Nem todos sabem como os impostos influenciam grandemente no preço praticado nos postos de combustíveis”, comenta o presidente do Conselho de Jovens Empresários da Associação Comercial, Willyan Francescon. Serão comercializados 5 mil litros de gasolina no valor de R$ 4,50 por litro. A ação ocorrerá exclusivamente no Auto Posto Nações Indígenas Taurus, situado na Av. Afonso Pena, 7144, bairro Cidade Jardim. O Feirão Sem Imposto em Campo Grande terá início às 7h, com distribuição de senhas por ordem de chegada. A venda é limitada, cada motorista terá direito a 20 litros, totalizando R$ 90,00. Só será aceito pagamento em dinheiro. No total, cerca de 250 veículos devem ser beneficiados.