Chinelada e socos: briga de casal termina com os dois presos por tráfico de cocaína em MS

Homem teria tentado dar uma chinelada no rosto da ex, foi quando ela teria se defendido dando um soco contra o rosto de seu ex-amásioMarcos Tenório| 28/03/2022– 16:33

(Foto: Reprodução/JP News)

Durante uma ocorrência de violência doméstica, a PM (Polícia Militar) prendeu um casal com cocaína, em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. Os policias foram acionados até o bairro São João após uma briga e ameaças realizadas na madrugada desta segunda-feira (28).

A Força Tática da Polícia Militar foi acionada e se deslocou até a residência do casal, que segundo a denúncia, eles estariam brigando e a mulher estaria de posse de uma faca. Quando os militares chegaram ao local, encontraram a mulher de 32 anos, sentada na calçada.

Para a polícia ela contou que teria discutido com o ex-convivente de 35 anos, momento em que ele teria tentado dar uma chinelada em seu rosto, ela teria se defendido dando um soco contra o rosto de seu ex-amásio.

Segundo os policiais, a mulher ainda relatou que após seu ex cair no solo, ela teria pegado duas facas e corrido atrás do homem que se fechou no banheiro para não ser esfaqueado e devido o local não ter porta, o rapaz teria utilizado um painel para TV, na tentativa de impedir que sua ex-mulher invadisse o local e o esfaqueasse.

Ela disse aos militares que mesmo seu ex-marido utilizando algo para se proteger, ela teria conseguido causar um corte no braço do homem que fugiu após ela largar as facas. A mulher falou que ambos estavam separados e ela tem medida restritiva que a justiça concedeu para evitar à aproximação de seu ex-marido, mas que ambos estavam juntos novamente, numa tentativa de reatar o relacionamento.

Após ouvir a mulher, os policiais militares foram atrás do homem, que foi localizado na rua Manoel Antônio Jeremias, no bairro Guanabara. Ao encontrarem o homem os militares pediram que ele colocasse as mãos na cabeça para uma revista pessoal, durante buscas foi localizado no bolso da calça do homem uma quantidade de cocaína, que após pesada totalizou 14,6g.

Para os militares ele disse que teria comprado a droga com sua ex-amásia e que ambos teriam passado o dia cheirando cocaína, a noite após a briga, ele pegou a droga como “parte de pagamento” de uma dívida que a mulher teria com ele. Os militares retornaram no local e questionar a mulher sobre a droga e a mesma confessou ter utilizado a droga com seu ex, mas que não se lembrava de quem comprou, e quando comprou.

O casal recebeu voz de prisão por posse de drogas para o consumo pessoal e por lesão corporal reciproca, eles foram levados para à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) onde prestaram depoimentos e foram autuados.

O homem sofreu um pequeno corte no braço durante a briga com a mulher, mas não precisou de utilizar o sistema de saúde.