A restauração e adequação de capacidade de tráfego na rodovia MS-384, de Antônio João e Bela Vista, vai custar aos cofres públicos R$ 92 milhões.

maio 27, 2022 | Bela vista

De acordo com contrato publicado no dia 01/02 pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), a empresa Engenharia e Comércio Bandeirantes venceu a licitação para executar a obra.

Os serviços são de restauração, adequação da capacidade de tráfego e drenagem da Rodovia Estadual MS-384, trecho: Entrº MS-164 – Antônio João – Campestre – Entrº BR-060,Subtrecho: Est. 1.595+0,000 M – EST. 4.978+15,545 M, com extensão de 67,620 KM nos municípios.

O pagamento dos R$ 92.005.483,26 será com recursos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul). O contrato deverá ser executado e totalmente concluído dentro do prazo de 660 dias consecutivos, contados da data do recebimento da Ordem de Início dos Serviços. Ainda segundo a Agesul, a empresa deve cumprir rigorosamente o cronograma físico-financeiro do contrato, sob pena de aplicação de multa moratória, sem prejuízo das demais penalidades e da rescisão contratual, se for o caso.

A vigência do contrato terá início a partir da sua assinatura e perdurará até 120 dias corridos após o término do prazo de execução.

Início do Recapeamento

De acordo com o governador do estado em discurso realizado durante um evento em uma fazenda de Bela Vista, no último dia 17, Reinaldo Azambuja enfatizou a importância da obra para a região e confirmou que o recapeamento terá início já nos próximos dias, com lançamento previsto para acontecer na cidade de Antônio João.

Para o prefeito de Bela Vista, Reinaldo Piti, mais uma vez o governo do estado mostra seu comprometimento com a população e com toda região, que acreditou e ainda acredita mo trabalho sério que Reinaldo Azambuja vem fazendo em parceria com sua gestão e de outros municípios do MS.

Renata Volpe – Midia Max