Você viu? Após sucesso de pastel e versão campo-grandense, agora a moda é bolo de capivaras

Uma jovem compartilhou no Twitter o bolo de capivaras feito pelo amigo, que conquistou milhares de fãs

Nathália Rabelo Publicado em 13/09/2021, às 15h30

Bolo de capivaras bombou na Internet - Foto: Reprodução/Twitter

As capivaras estão dominando o mundo! Mascote oficial de Campo Grande, o animal segue no hype da Internet desde que se tornou a “musa inspiração” da culinária brasileira. Depois de ter virado molde para uma pastelaria de Curitiba e até conquistado uma versão do salgado em Campo Grande, agora elas chegaram à confeitaria. No fim de semana, os Internautas ficaram enlouquecidos por um bolo de capivarasfeitas de chocolate. Claro, todo mundo amou!https:/

Primeiro, a capivara fez sucesso total ao ser usada como formato de pastel e coxinha, iguaria criada por uma família de feirantes lá de Curitiba (PR) que decidiu inovar para aumentar as vendas durante a pandemia.

A invenção foi da empreendedora Cristiane Mitsue Yamashiro, conhecida como Mity, que trabalha com a família na barraca de pasteis Osamu Yamashiro em feiras na capital paranaense. O pastel ficou tão famoso que viralizou na Internet, ajudando a família a triplicar as vendas nas últimas semana.

Na época, o Jornal Midiamax fez o seguinte questionamento: "imagina se a moda pega em Campo Grande?" Dito e feito. O pastel de capivara ganhou o coração de uma feirante campo-grandense, que topou o desafio e recriou o icônico salgado para homenagear os bichinhos. Trabalhando como feirante há cerca de seis anos, Viviane Fernandes de Aquino teve a ideia de fazer a massa especial também, só que dessa vez diretamente de Campo Grande, cidade conhecida por ser lar de várias famílias de capivaras.

Desafio aceito é desafio cumprido! E foi assim que ela recriou o pastel de capivara, agora com selo 100% campo-grandense. Mas, pelo que vimos, a onda do pastel já está acabando para dar lugar a outra comida com a cara da Capital: o bolo de capivaras. Veja a reação dos internautas

Será que algum campo-grandense vai topar o desafio de recriar a sobremesa? 

Roedores pra lá de amigáveis

Fofas, amigáveis e super sociáveis, a febre das capivaras se dá porque elas são as melhores amigas do reino animal. Isso porque as capivaras são animais muito sociais – vivem em grupos de 10 a 20 indivíduos – e talvez por isso outras espécies fiquem à vontade com elas.

Essas criaturinhas adoráveis são os maiores roedores do mundo e excelentes nadadores, pois são mamíferos semiaquáticos. Naturais da América da América do Sul, elas evitam os predadores imersas na água por até 5 minutos – e é na água também que elas se acasalam.