TURISMO – Ilhas pelo mundo atraem cada vez mais turistas

Por CRISTINA MEDEIROS Praia de Grace Bay - Foto: Divulgação Colocadas entre os principais destinos para 2019, as Ilhas Turcas e Caicos oferecem o melhor do Caribe nas águas do Atlântico. Formadas por 40 ilhas com águas de cor turquesa, esse pequeno pedaço do céu na terra é quase deserto e dono de uma beleza incomum. São apenas  20% do arquipélago habitados por cerca de 30 mil pessoas e são recebidos mais de 200 mil turistas anualmente. Chega-se às ilhas de barco e lá se pode passear de bicicleta ou motoneta alugada. Um dos maiores recifes de coral do mundo, 370 quilômetros de praias de areia branca, águas cristalinas e milhares de locais de mergulho aguardam o visitante das oito ilhas maiores de Turcas e Caicos, bem ao leste das Bahamas. O santuário de pássaros de French Cay, o parque subaquático nacional Columbus Landfall e a fazenda de ostras de Caicos estão entre as maiores atrações dessas ilhas, famosas por sua hospitalidade. O clima por lá é bom o ano inteiro, mas o ideal é usufruir de dezembro a maio, quando chove menos. Ainda calmo e de muito sossego, o local atraiu famosos que por lá descansam. A maioria das praias de Turcas e Caicos não tem infraestrutura, exceto Grace Bay (foto), a mais famosa de todas.
Localizado no Oceano Atlântico, a cerca de 70 quilômetros da costa da cidade de Caravelas, na Bahia, o Arquipélago de Abrolhos concentra a maior quantidade de peixes por metro quadrado do mundo. É um verdadeiro paraíso no Brasil para a vida marinha. A ilha é formada por cinco ilhas vulcânicas e apenas quatro delas são habitadas (a outra tem acesso proibido). Suas paisagens são compostas por imensos paredões rochosos e piscinas naturais. Tanto o mergulho como a observação de aves e das baleias são feitos no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos.
Para quem não abre mão de aventura com muita emoção, a Ilha Navarino não pode ficar de fora. Nela, é possível descobrir uma Patagônia ainda mais virgem, selvagem e encantadora. Fica no território do Cabo Horn, um destino turístico que não é para qualquer viajante. Exige sede de cultura e amor pela natureza. Há muito o que se fazer na Ilha Navarino, como as caminhadas pela trilha do Cerro Bandera ou o Circuito Dentes de Navarino, uma das Rotas Patrimoniais que formam parte do projeto Trilhas do Chile.
Tsarabanjina é uma pequena ilha privada, parte do arquipélago Mitsio em Madagascar. A ilha é formada por recifes de corais, praias de areia branca e vegetação tropical. Atualmente, todo o local pertence ao hotel Constance Tsarabanjina, que proporciona mergulhos e trilhas guiadas para os visitantes descobrirem a biodiversidade única do local. A última das ilhas remotas também tem águas cristalinas e uma natureza quase intocada, com exceção das cabanas ecologicamente corretas construídas pelo Constance para abrigar os turistas.
Fernando de Noronha se tornou um dos destinos mais procurados  no Brasil. De beleza ímpar, oferece um conjunto de praias cujas águas mantêm uma temperatura agradável durante todo o ano e são ótimas para mergulho, mesmo com snorkel. Ver diferentes cardumes nas praias, tartarugas e, às vezes, pequenos tubarões é o que os turistas mais esperam e, sem precisar de muita sorte, alcançam. A diversidade da vida marinha em Noronha é surpreendente e é possível observar animais extraordinários no seu habitat natural.