Seleção de filmes e séries em plataformas digitais, feita pelo “Via Streaming”

A dica dessa semana é a versão de 2021 do filme “Amor Sublime Amor”, disponível na Disney Plus

KREITLON PEREIRA/VIA STREAMING

29/06/2022 15:27

Dica da Semana: “Amor Sublime Amor”

Remake de um dos maiores clássicos da Broadway e do cinema, a versão de Spielberg da Disney Plus acerta em corrigir erros da produção original de 1961 Em 1961, chegou aos cinemas do mundo todo a adaptação do musical clássico da Broadway “Amor Sublime Amor”. Além do sucesso nos teatros, a história de amor proibido também se mostrou muito popular nas telas, tendo recebido o Oscar de Melhor Filme, Melhor Musical Original e de Melhor Atriz Coadjuvante. Certamente um marco na história dos musicais, a produção vai de encontro com a noção de que esse é um gênero feliz e alegre ao abordar como tema central questões mais pesadas e densas. Como os últimos anos foram tomados pelos remakes de clássicos da indústria cinematográfica, em 2021 a Disney Plus lançou a nova versão de “Amor Sublime Amor”, dessa vez dirigida por Steven Spielberg. Ambientada nos anos 1950, a trama se mantém fiel à história original e aborda o romance – a la “Romeu e Julieta” – entre Maria e Tony, dois jovens que estão em lados opostos da dividida zona oeste de Nova York, marcada pelo conflito entre as gangues Sharks e Jets. A primeira é formada por porto-riquenhos e a segunda por jovens brancos de origem anglo saxônica, ambas seguem um código próprio de conduta e desejam dominar a área da vizinhança. O irmão mais velho de Maria é o líder dos Shark, enquanto Tony é o antigo líder dos Jets. Por conta disso, o fatídico encontro entre os dois jovens – que aconteceu em um baile organizado na região– irá acirrar ainda mais a disputa entre os rivais. Mesmo com todas as dificuldades, o filme acompanha a luta dos protagonistas para viver esse grande amor, que marcavam encontros secretos e planejavam fugir juntos. Porém, a realidade é mais forte e as coisas não irão sair como desejado pelo casal. Apesar de ser um grande desafio realizar a adaptação de um clássico do cinema, a versão de 2021 de “Amor Sublime Amor” acerta em diversos aspectos, sendo um deles a escolha do elenco. No original, os personagens latinos eram interpretados por jovens brancos, enquanto, agora, é claro (e celebrado) o cuidado em se escalar atores da mesma descendência. Além disso, existe um respeito com a língua nativa, uma vez que o espanhol utilizado pelos personagens é colocado da mesma forma que o inglês, ou seja, sem legendas. Link para o trailer de “Amor Sublime Amor”

Busca por vingança

Com Chris Pratt como protagonista, nova série da Amazon fala de um agente da marinha que se vê envolvido em uma conspiração governamental Baseado na série de livros de mesmo nome, a nova série original da Amazon Prime Video, “A Lista Terminal”, chega à plataforma de streaming no dia 1º de julho. Os livros começaram a ser publicados em 2018 pelo escritor americano Jack Carr, autor conhecido por seus thrillers policiais, tendo algumas de suas obras integrando a lista de best-sellers mundiais. Por ter tido uma carreira de mais de 20 anos nas forças armadas americanas, esse é um tópico bastante recorrente em suas publicações. Além disso, consegue retratar de forma única a guerra e o dia a dia de um militar. A história da série começa com uma tragédia, o que, por si só, já dita qual será o tom a ser tomado pela trama ao longo de todo o resto da narrativa. Assim a série acompanha o protagonista James Reece, um oficial de elite da marinha, em seu retorno para a casa depois de ser o único sobrevivente de uma missão na qual o pelotão que integrava foi emboscado por inimigos que assassinaram os seus companheiros. “A Lista Terminal” mostra os impactos da guerra na vida cotidiana do protagonista, uma vez que nem em casa – ao lado da mulher e da filha – ele se sente totalmente seguro. Além disso, conforme James vai sendo confrontado com diferentes narrativas sobre o evento trágico, ele vai percebendo que suas memórias muitas vezes não batem com os registros oficiais do governo. Até mesmo questionando as suas próprias faculdades mentais, o homem irá descobrir que está envolvido em uma conspiração governamental muito maior do que poderia esperar. Por conta disso, sua família também será ameaçada, o que alimenta ainda mais a sua sede por vingança. Ao longo dessa empreitada, James irá contar com uma forte aliada, a jornalista Katie Buranek (Constance Wu), que não tem medo de denunciar e expor os mais poderosos. Link para o trailer de “A Lista Terminal”

Encontros e despedidas

No início de julho, chega na Netflix mais uma comédia romântica adolescente baseada em um livro de sucesso Com um dos públicos-alvo mais engajados, o gênero das comédias românticas adolescentes tem se mostrado um tiro certeiro da Netflix, que tem sido a responsável pelas produções mais populares nos últimos anos. Seguindo essa linha, no dia 6 de julho chega à plataforma o original “Olá, Adeus e Tudo Mais”, que acompanha um casal de jovens que possui um acordo não muito convencional. O filme é baseado no livro de mesmo nome lançado em 2015 pela escritora norte-americana Jennifer E. Smith, também autora dos bestsellers “A probabilidade estatística do amor à primeira vista” e “Windfall”. No filme, Claire e Aidan são um casal jovem apaixonado de Chicago, que possui um pacto: terminar antes de entrarem na faculdade. Por conta disso, os dois combinam um último encontro perfeito – onde iriam reviver vários momentos do relacionamento – para, no fim, se despedirem sem mágoas e cada um partir para viver suas aventuras nessa nova fase da vida. No curso de umas 20 horas, os dois debatem os pros e contras de manterem seu relacionamento em forma de longa distância e encontram diversos amigos e familiares, dos quais também precisam se despedir antes de partirem para universidade. Fica claro que, ao longo de todo o dia, os dois buscam respostas sobre qual deve ser o melhor caminho a ser tomado no futuro. Por conta disso, alguns atritos irão surgir, uma vez que o sentimento de ambos é muito maior do que o pacto que foi pensado tempos antes. “Olá, Adeus e Tudo Mais”, assim como muitos filmes com temática e protagonismo adolescente, fala sobre as relações familiares, as amizades e aborda a questão do autoconhecimento e a busca por encontrar o seu lugar no mundo. Sendo assim, o novo original da Netflix parece ser uma boa aposta para fãs de filmes como “Para Todos Os Garotos Que Já Amei” e “Barraca do Beijo”. Link para o trailer de “Olá, Adeus e Tudo Mais”