Santa Casa faz captação de rins, córneas e fígado de homem de 49 anos

Paciente teve morte encefálica e família autorizou doação

9 JUL 19 - 18h:19GLAUCEA VACCARI 
Captação foi realizada nesta terça-feira - Foto: Divulgação / Santa Casa
=
Santa Casa de Campo Grande realizou, nesta terça-feira (9) captação de órgãos de um paciente de 49 anos, que sofreu acidente vascular cerebral hemorrágico e evoluiu para morte encefálica. Córneas, rins e fígado foram captados. O fígado do paciente foi encaminhado para o Acre, um dos rins foi para São Paulo e outro ficou na Santa Casa para ser transplantado em um paciente de Campo Grande, que fazia hemodiálise há quase 11 anos. As córneas também permaneceram no Banco de Olhos do hospital para análise e avaliação, para depois serem disponibilizadas para transplantes. Conforme dados da Organização de Procura de Órgãos (OPO) do hospital, de janeiro a junho deste ano, 67 mortes encefálicas foram registradas, com 45 encaminhadas para possível doação. Deste total, apenas 19 famílias autorizaram a doação de órgão, sendo captados, no semestre, 31 rins, nove fígados e um coração. Após a confirmação da morte cerebral e autorização da família, são localizados receptores compatíveis e, a partir disso, se inicia operação de precisão, devido a necessidade de se respeitar os prazo máximos necessários para que cada órgão seja transplantado. Em alguns casos, quando o órgão vai para outro Estado, o transporte é feito pela Força Aérea Brasileira (FAB), que mantém permanentemente disponível uma aeronave para o transporte de órgãos. Neste ano, a FAB transportou 81 órgãos.