Renda Brasil que substitui o Bolsa Família será de até R$ 300 e deverá iniciar em outubro

O programa irá substituir o Bolsa Família e deve começar após o Auxílio Emergencial encerrar calendário

O novo Programa Assistencial do Governo Federal, Renda Brasil, irá substituir o Bolsa Família. Isso deverá acontecer em outubro após o final do Auxílio Emergencial. Sendo que o novo programa terá um valor que poderá ficar entre R$ 250 e R$ 300 por mês e seria destinado as pessoas que já estão inscritas no Bolsa Família, e também para quem já está recebendo o auxílio emergencial e que foram classificados como “desassistidos e desamparados”. O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da economia Paulo Guedes já vem há muitos dias idealizando a criação do Renda Brasil, que vai substituir o Bolsa Família. O atual Bolsa Família foi uma criação do ex-presidente Lula do PT. Para por em prática o novo programa social e também de que forma seria realizado o prolongamento do auxílio emergencial, Bolsonaro tem a intenção de consultar os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O governo tem a intenção de estender o Auxílio Emergencial e mais três meses, sendo que terá um valor de R$ 500, R$ 400 e R$ 300.