Registros de arma de fogo têm aumento de 50% no Estado

Os dados indicam mais de 8 mil solicitações entre 2019 e 2021

BIANKA MACÁRIO

26/07/2022 16:03

De acordo com o Anuário de Segurança Pública, houve aumento de registro de armas de fogo em 52% em Mato Grosso do Sul. O documento é realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e tem o objetivo de contribuir para os debates em torno das políticas de segurança pública em anos eleitorais. Os dados revelaram que o registro de armas na Polícia Federal passou de 16.217 em 2019 para 24.645 em 2021. Nesse mesmo tempo, houve diminuição na apreensão de armas, em uma redução de 16,4% no Estado. Para os analistas consultados na formulação do Anuário, o aumento do percentual de registro de armas de fogo tem relação com a flexibilização do acesso. O documento aponta ainda que desde 2019, e de acordo com o Altas da Violência em 2021, foram mais de 30 decretos, portarias e projetos de lei que ampliam o acesso da população à armas de fogo.