Polícia surpreende infratores pescando em local proibido na Cachoeira do Rio Apa

Local conhecido como Cachoeira do Rio Apa

Diego Alves Publicado em 16/09/2021, às 19h35

Divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) surpreendeu infratores pescando em local proibido na Cachoeira do rio Apa e apreende petrechos de pesca em Porto Murtinho, cidade a 439 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a polícia, devido ao nível baixo do Rio Apa, o local conhecido como Cachoeira do Rio Apa, localizado a 95 km da cidade de Porto Murtinho, precisa ainda mais de fiscalização constante por ser ponto em que os cardumes ficam muito vulneráveis. O local, uma longa corredeira (local com pesca proibida por lei) é ponto de pesca predatória, praticada tanto por brasileiros, como por paraguaios, pois faz fronteira do Brasil com Paraguai, caso não se faça fiscalização preventiva intensiva como a PMA tem feito.

Há 10 dias, no dia (6), policiais ambientais, que trabalham na operação Hot Point, de proteção aos recursos pesqueiros tinham prendido quatro pescadores no local. Hoje (16), a equipe da PMA de Porto Murtinho que está acompanhando um cardume no rio Apa, surpreendeu mais dois infratores praticando pesca predatória na cachoeira.

Favorecidos pelo nível baixo da água, assim que avistaram os Policiais, os infratores atravessaram o rio e fugiram para o lado do território paraguaio e não podiam mais ser perseguidos. Eles abandonaram dois molinetes com varas, um balde com iscas e uma garrafa térmica, que foram apreendidos. Apesar de bem sinalizada à proibição da pesca, algumas pessoas se arriscam na prática de pesca ilegal no local.