PMA de Porto Murtinho autua infrator em R$ 4 mil por exploração ilegal de madeira em área protegida

maio 18, 2022 | Porto Murtinho

Policiais Militares Ambientais de Porto Murtinho realizavam orientações sobre incêndios nos trabalhos da operação Prolepse, de prevenção e combate aos incêndios, com distribuição de “folders” e orientando os moradores rurais sobre os problemas dos incêndios e, durante os trabalhos ontem (17), receberam denúncias de exploração ilegal de madeira em uma propriedade rural, localizada a 230 kg da cidade.

A equipe foi ao local, confirmou a denúncia, e encontrou 11 árvores derrubadas das espécies aroeira, ipê e angico, que estavam sendo desdobradas em estacas, mourões e palanques para cerca, na área protegida de reserva legal da propriedade. A atividade ilegal estava em andamento e continuaria com derrubada de muito mais árvores e, inclusive, uma motosserra que era utilizada na exploração ilegal no momento da chegada da equipe foi apreendida, juntamente com a madeira.

A motosserra utilizada não possuía a Licença de Porte e Uso (LPU), o que por si só, caracteriza-se como crime também. O infrator (59), residente em Porto Murtinho, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 4.300,00, por exploração de madeira ilegalmente em área protegida por lei e por uso de motosserra ilegal. Ele responderá pelos dois crimes ambientais, que têm penas previstas de três meses a um ano de detenção, cada um.