Pescador está desparecido no Rio Paraná desde temporal de poeira

O fato causou pânico em pescadores que foram surpreendidos

Diego Alves Publicado em 04/10/2021, às 21h49

Divulgação, PMA

Pescador identificado como Waldir Greter está desaparecido desde o temporal de vento que ocorreu última sexta-feira (01), que atingiu Bataguassu e toda a região da divisa dos estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo. O fato causou pânico em pescadores que foram surpreendidos pelo temporal de poeira.

A informações é a de que todos os pescadores que haviam ficado a deriva no rio durante o temporal teriam sido resgatados. Waldir e outro pescador estavam no rio no momento dos ventos que atingiram aproximadamente 100 km/h. Um amigo delefoi localizado próximo ao Paredão das Araras no distrito de Campinal após passar a noite desaparecido. Corpo de Bombeiros de Bataguassu e Presidente Epitácio reiniciaram as buscas na manhã desta segunda-feira (04).

Também na última sexta, outras 8 pessoas ficaram a deriva no Rio Paraná. Em um dos casos um dos pescadores conseguiu chegar a margem do rio, depois de boiar por cerca de 4 horas, publicou o site Cenário MS. Ele foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros de Bataguassu aos fundos da fazenda Córrego Azul onde foi encaminhado ao Pronto Socorro da Santa Casa de Bataguassu e posteriormente foi levado para Presidente Epitácio.

O outro turista, ficou desaparecido por mais de 16 horas, sendo resgatado na manhã de sábado (02), preso a uma árvore seca no meio rio. Informações apontam também que chegaram a passar duas embarcações pelo pescador, mais não conseguiram resgata-lo, por risco de um novo acidente.

Outro caso ocorreu no trecho do Rio Paraná próximo a Presidente Epitácio (SP), três caiaques ficaram à deriva, mas as seis pessoas a bordo conseguiram ser socorridas ainda durante aquela noite.