Pescador é multado em R$ 1,5 mil momentos antes de iniciar pesca durante a piracema em Juti

Com ele foram apreendidos vários equipamentos de pesca

Fábio Oruê Publicado em 08/01/2022, às 22h10

Foto: Divulgação

A PMA (Polícia Militar Ambiental) tem executado no Estado fiscalização de monitoramento dos cardumes com equipes nos rios e simultaneamente com equipes por terra. Em Juti, na manhã deste sábado (8), um homem, de 59 anos, foi flagrado e multado no caminho para uma pescaria no rio Amambai. 

A equipe da PMA que realizava fiscalização por terra nas proximidades do rio, na estrada conhecida como “Cascalheira”, abordou o infrator em um veículo Fiat Strada, quando chegava ao rio para pescaria ilegal, a 60 km da cidade de Naviraí.

Com o pescador foram apreendidos: quatro varas de pesca com molinetes, uma vara de bambu, covo (petrecho ilegal), quatro baldes com manga madura para trato (ceva); 1 kg de quirela de milho e larvas de insetos para iscas, uma caixa térmica e uma bolsa de pesca contendo vários anzóis, chumbadas e linhas.

O pescador, morador em Juti, responderá pelo crime ambiental de predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. Ele também foi multado em R$ 1,5 mil.