OPERAÇÃO – Gaeco cumpre mandados no Paço Municipal em Bela Vista

Equipes foram também na casa do prefeito Reinaldo Piti

4 ABR 19 - 09h:21BRUNA AQUINO
  Prefeito Reinaldo Piti (PSDB) já foi investigado em 2016 por compra de voto - Foto: Reprodução/Bela Vista MS Equipes do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), ligado ao Ministério Público Estadual estão nas ruas de Bela Vista cumprindo mandados de busca na prefeitura e na casa do atual prefeito Reinaldo Miranda Benites “Piti” (PSDB). Informações repassadas ao Correio do Estado do próprio município são que, a equipe chegou bem cedo na cidade que faz divisa com o Paraguai e foi direto a prefeitura. Não há informações se o prefeito foi preso ou se materiais foram apreendidos. Por meio da assessoria, o Ministério Público ainda não repassou mais detalhes sobre a operação. JÁ FOI INVESTIGADO Em 2016, o prefeito Reinaldo e o vice vice-prefeito Gabriel Boccia, da coligação “Bela Vista no Rumo Certo”, ambos eleitos para os cargos de prefeito e vice-prefeito, foram acusados de comprar votos por R$ 20, para comprar uma caixa de cervejas durante a campanha. Na época, a denúncia foi feita pelo Ministério Público onde havia gravações de telefonemas feitos pelo prefeito prometendo as cervejas em troca do voto. As informações são do site Bela Vista MS.