Ocorrência Policial de Bela Vista

 

policia11-620x350-300x160-2-1-3-1-1

 

Perturbação do trabalho e/ou sossego alheios

 

Bela Vista – MS. Na data 28/10/17, sábado, por volta das 00h45 a PM foi chamada a Rua Paulino Macedo, nas Primaveras, acionada via telefone 190, várias solicitações relatando que no local havia um aparelho sonoro ligado em alto volume, bem como havia algumas pessoas praticando direção perigosa em motocicletas (zerinho). No local foi constatado que na residência do estudante de 20 anos de idade, havia um aparelho sonoro ligado em alto volume, sendo que o rapaz encontrava-se dormindo em uma cadeira ao lado do aparelho e as grades do portão trancados com cadeados e após inúmeras tentativas, a guarnição PM conseguiu acordá-lo e este destrancou o portão e após cientificado da perturbação, foi encaminhado à DP de Polícia Civil, onde foi entregue juntamente com a aparelhagem sonora marca LG, X900M, com duas caixas acopladas da mesma marca para as providências cabíveis. Foi constatado ainda que na frente da residência do acusado, havia várias marcas no chão de rastros de motocicletas que dá a entender que estavam praticando direção perigosa, porém nenhuma motocicleta foi avistada pelo local.

 

Acidente de trânsito

 

Bela Vista – MS. Na data 29/10/17, domingo, por volta das 11h00 a PM atendeu a uma solicitação de acidente de trânsito na Avenida Teodoro Sativa proximidades da Secretaria Municipal de Obras. No local, foi verificado que se tratava de uma colisão entre duas motocicletas de origem estrangeira. O condutor de 67 anos de idade conduzia a motocicleta Kenton, placa 125 BSF, de cor vermelha no sentido norte-sul pela Avenida Teodoro Sativa, quando sinalizou e iniciou a conversão à esquerda na rua Treze de Junho, momento em que ocorreu a colisão com a motocicleta MC110, placa 770 BSR, de cor preta, que estava sendo conduzida por uma senhora de 33 anos de idade a qual seguia na mesma via e mesmo sentido, porém, não houve tempo hábil para desviar do condutor que seguia à sua frente. Os condutores envolvidos não possuem Carteira Nacional de Habilitação ou Permissão para dirigir. A condutora precisou ser socorrida por uma equipe do Hospital São Vicente de Paula, apresentando escoriações na perna esquerda. Os veículos foram encaminhados para o pátio do órgão de trânsito local e o registro da ocorrência entregue na DP.

 

Cumprimento a mandado de prisão

Bela Vista – MS. Na data 31/10/2017, terça-feira, por volta das 15h40 quando realizava blitz de trânsito na Rua Voluntários da Pátria, Centro, uma guarnição da PM veio a abordar o veículo Ford Fiesta, cor prata, placas de Bela Vista – MS, e após checagem junto ao sistema policial, foi verificado que o em desfavor do condutor havia um mandado de prisão expedido pela Comarca de Bela Vista – MS. O homem de 39 anos de idade foi conduzido à DP para providências.

 

Violência doméstica

 

Bela Vista – MS. Na data 02/11/2017, quinta-feira, por volta das 16h00 a PM foi acionada via 190 onde o cacique da aldeia indígena Pirakuá informou que um indígena agrediu a esposa com socos e pontapés e que o autor estava detido na aldeia. A guarnição deslocou até a aldeia e constatou os fatos. A testemunha relatou que o acusado, 20 anos de idade, estava ingerido bebida alcoólica com sua companheira e por motivo fútil agrediu a companheira de 23 anos de idade, deixando várias lesões pelo corpo (costas, supercílio direito, olho direito roxo). O acusado tinha escoriações na costela lado esquerdo. Ambos foram ao hospital para exames e em seguida o acusado foi entregue na DP. A mulher ficou sob observação no hospital.

 

Perturbação do sossego

 

Bela Vista – MS. Na data 02/11/2017, quinta-feira, por volta das 23h20 a PM foi chamada para atender a um desentendimento familiar. No local, Rua Vicente Ortega, na Vila São Geraldo, o comunicante, 54 anos de idade, relatou que o filho dele, 30 anos de idade havia chegado visivelmente embriagado, causando tumulto, ofendendo os moradores da residência, inclusive teria cuspido na face do pai. O comunicante não soube explicar o motivo das agressões verbais e pedia para que fosse levado, antes que algo mais grave viesse a ocorrer, pelo estado que se encontrava o autor. O acusado estava sem camisa e sujo de terra, tendo em vista o comunicante ter retirado ele do interior da casa e este veio a cair no solo, vindo a lesionar o supercílio direito. Diante ao acontecido, o acusado foi conduzido até a DP para providências.