Motorista tenta atravessar rodovia com incêndio de grandes proporções nas margens e dois morrem carbonizados

Tentaram atravessar um incêndio na MS-145

Diego Alves Publicado em 25/08/2021, às 23h17

Carro destruído com o incêndio que vitimou duas pessoas (Foto: Jornal da Nova)

Silvio José dos Santos, de 47 anos e Gustavo de Souza Martins, de 19 anos, ocupantes de um veículo Peugeot Hoggar Escapade morreram carbonizados no momento em que tentaram atravessar um incêndio na MS-145 nesta quarta-feira (25). Segundo informações, ambos voltavam de uma empresa onde prestavam serviços. Moradores de Deodápolis, os dois seguiam no veículo no trecho entre liga Ipezal, distrito de Angélica e Vila Pana, distrito de Nova Alvorada do Sul.

Os dois transitavam pela rodovia no sentido a Ipezal, quando, a aproximadamente quatro quilômetros antes de chegar no distrito, havia um incêndio de grandes proporções nas margens da rodovia, com muita fumaça e calor. Os brigadistas que estavam no combate das chamas pediram para eles aguardarem até o fogo baixar e eles terem visibilidade na pista, porém, o condutor não acatou a ordem e seguiu viagem, publicou o site Jornal da Nova.

Logo depois ele perdeu a visibilidade e foi em direção da margem da via onde pegava fogo. O carro ficou em chamas e ao saérem do veículo, os dois sofreram queimaduras até a morte.

A Polícia Militar e Polícia Civil foram acionadas. Equipes da Prefeitura de Angélica de combate a incêndio e o Corpo de Bombeiros Militar de Ivinhema também foram acionados.

Silvio José dos Santos, de 47 anos e Gustavo de Souza Martins, de 19 anos