Mais efetivo, São Paulo passa fácil pela LDU e embola grupo na Libertadores

   
O São Paulo conseguiu ser mais efetivo e venceu a LDU por 3 a 0 nesta quarta-feira, no estádio do Morumbi, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Depois de desperdiçar muitos gols na estreia e perder para o Binacional, no Peru, o time brasileiro conseguiu a primeira vitória na atual edição do torneio e embolou o Grupo D – as quatro equipes da chave estão com três pontos. A próxima rodada promete ser a mais complicada. Na terça-feira, o São Paulo receberá o River Plate, que atropelou o Binacional por 8 a 0 nesta quarta-feira, no Monumental de Nuñez. Antes, a equipe de Fernando Diniz terá no sábado o clássico com o Santos, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista. Nesta quarta, o São Paulo não correu riscos diante de quase 40 mil torcedores. O time encurralou o adversário nos minutos iniciais e teve um pênalti a seu favor logo aos 13 após a bola tocar na mão de Guerra dentro da área. Reinaldo bateu para fazer o primeiro. Tocando de pé em pé, no minuto seguinte, Daniel Alves iniciou a jogada no meio do campo e chegou na área para finalizar cruzamento de Reinaldo: 2 a 0. Os gols fizeram com que o São Paulo diminuísse o ritmo. A LDU, que até então não havia passado do meio-campo, passou a ter mais posse de bola, mas encontrou dificuldade para furar a linha defensiva dos anfitriões. O ex-corintiano Sornoza tentava criar as jogadas, mas faltava um atacante aparecer para finalizar. No segundo tempo, o São Paulo perdeu Tiago Volpi que machucou a mão direita em choque com atacante equatoriano. Lucas Perri o substituiu, mas não precisou pegar na bola. O time tricolor, em mais uma boa troca de passe, chegou ao terceiro. Pato abriu para Vitor Bueno, que rolou para a área. Igor Gomes desviou para as redes. Entregue, a LDU ainda ficou com um jogador a menos após a expulsão de Sornoza, que deu um soco em Daniel Alves. Com a vitória garantida, Hernanes ganhou uns minutos em campo ao entrar na vaga de Igor Gomes. Aos gritos de “olé” das arquibancadas, o São Paulo passou a tocar a bola. Nos acréscimos, Pato ainda acertou o travessão.   FICHA TÉCNICA:   SÃO PAULO 3 x 0 LDU   SÃO PAULO – Tiago Volpi (Lucas Perri); Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes (Hernanes); Antony, Vitor Bueno (Pablo) e Pato. Técnico: Fernando Diniz.   LDU – Gabbarini, Quintero, Guerra, Rodríguez e Ayala; Valencia e Villarruel (Vega); Zunino (Billy Arce), Sornoza e Caicedo; Cristian Borja (Aguirre). Técnico: Pablo Repetto.   GOLS – Reinaldo (pênalti), aos 13, Daniel Alves, aos 14 minutos do primeiro tempo; e Igor Gomes, aos 15 minutos do segundo tempo   ÁRBITRO – Esteban Ostojich (URU).   CARTÕES AMARELOS – Juanfran e Reinaldo (São Paulo); Quintero, Guerra, Ayala e Valencia (LDU).   CARTÃO VERMELHO – Sornoza (LDU).   RENDA – R$ 2.957.861,83.   PÚBLICO – 39.107 torcedores.   LOCAL – Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).