Mãe atira contra o próprio filho após descobrir que ele tentou estuprar irmã de 12 anos

Rapaz teria marcado um encontro para conversar com a irmã próximo ao local dos disparos

Marcos Tenório Publicado em 27/02/2022, às 09h10

(Foto: Tiago Apolinário/Arquivo/Da Hora Bataguassu)

Uma mulher de 38 anos foi presa em flagrante na tarde desse sábado (26)  após tentar matar a tiros o próprio filho a tiros no centro de Bataguassu, a 311 quilômetros de Campo Grande. Os disparos não atingiram o jovem.

O crime teria ocorrido por volta das 13 horas, na Rua Sidrolândia, quando a mulher abordou o filho de 19 anos. Ela teria sacado o revólver e efetuado dois disparos, que não o atingiram rapaz. 

Um policial que estava de folga ouviu os disparos e, em seguida, avistou a mulher correndo. O agente então acionou a PM (Polícia Militar) que, durante diligências, conseguiu encontrar a mulher. Para os policiais, a suspeita relatou que tentou matar o filho após ele tentar estuprar a própria irmã, de 12 anos. 

A mulher disse que o fato ocorreu há cerca de dois meses atrás, mas, no sábado, o rapaz teria pedido para conversar com a irmã próximo ao local, e ela teria esperado ele passar pela região. Questionada sobre o revólver, a mulher contou que entregou para outra pessoa, que fugiu do local. 

O filho relatou em depoimento que a mãe estava com uma arma de cor dourada, e que ela teria efetuado dois disparos que não o acertaram e outros dois falharam. 

Diante dos fatos, a mulher foi encaminhada a Delegacia de Polícia Civil de Bataguassu, onde foi autuada em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio. O caso será investigado pela Polícia Civil. A arma utilizada pela mulher ainda foi localizada.