Logo após ser condenado em júri, homem é executado dentro de carro em rodovia de MS

Ele tinha sido condenado por um homicídio cometido em 2016Renata Portela| 05/04/2022– 13:54

Os dois homens foram executados no carro (Foto: A Gazeta News)

Na tarde de segunda-feira (4), Osório Leonel Ferreira, de 66 anos, foi executado junto com o familiar, José Leonel, de 55 anos, na Rodovia MS-160. O idoso tinha acabado de passar por júri popular em Sete Quedas, a 459 quilômetros de Campo Grande.

Osório foi a julgamento pelo assassinato de Sérgio Sampaio, de 51 anos, crime cometido em 2016. Assim que deixou o Fórum, condenado a 6 anos de prisão em regime semiaberto, ele seguiu viagem para Eldorado, onde morava atualmente e cumpriria a pena.

O Gol vermelho era conduzido por José Leonel e tinha Osório como passageiro, além de duas mulheres que estavam no banco traseiro, uma delas advogada do réu. Na estrada, conforme o site A Gazeta News, uma camionete emparelhou com o carro.

Vários homens estavam no veículo e começaram a atirar, matando José e Osório no local. Uma familiar que estava no carro sofreu um ferimento na perna, já a advogada não ficou ferida. Equipes da Polícia Civil e Polícia Militar foram acionadas, além da Perícia. O duplo homicídio qualificado é investigado.

Assassinato em 2016

Sérgio Sampaio foi atingido por 10 tiros, em uma rua na região central de Sete Quedas. Ele foi encontrado caído na rua e chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital Municipal, mas não resistiu aos ferimentos.

Um dia após o crime, a casa do autor do crime foi incendiada, mas não havia ninguém no local. Até então, Osório não tinha sido preso.