Internacional marca dois gols nos acréscimos e vence o Fluminense no Beira-Rio

A segunda vitória consecutiva faz o Internacional respirar de vez

Agência Estado Publicado em 15/08/2021, às 21h56

Assessoria/Internacional

O Internacional não teve vida fácil para ganhar do Fluminense apesar de o adversário ter poupado alguns jogadores por conta da Copa Libertadores. Na noite deste domingo, com dois gols nos acréscimos, o time gaúcho ganhou por 4 a 2, no Beira-Rio, pela 16.ª rodada do Brasileirão, e conseguiu, depois de três meses, emplacar duas vitórias seguidas na temporada.

A segunda vitória consecutiva faz o Internacional respirar de vez na luta contra o rebaixamento e o coloca na nona colocação, com 21 pontos, pronto para brigar por algo maior. Pior para o Fluminense, que perdeu a quarta seguida, estacionou nos 17 e é o 15.º colocado.

O Internacional foi mortal e abriu o placar logo em seu primeiro ataque. Aos sete minutos, Cuesta apareceu no campo ofensivo e cruzou na cabeça de Edenilson, que só deslocou Marcos Felipe. O gol colorado acordou o Fluminense, que passou a tomar conta da posse da bola.

Em um erro de passe no meio de campo, o Inter quase ampliou aos 29 minutos. Yuri Alberto puxou contra-ataque e passou para Taison. O camisa 10 passou por Marcos Felipe, mas chutou fraco e deu a chance para Nino tirar.

Quando parecia que o primeiro tempo terminaria com a vitória colorada, o Fluminense conseguiu o empate aos 44 minutos. André fez boa jogada e deu passe preciso nas costas da defesa para Yago Felipe. O volante bateu na saída de Daniel. Na sequência, o goleiro evitou a virada em chute de Abel Hernández.

O Fluminense voltou ligado para o segundo tempo e criou duas boas chances. Na melhor delas, Luiz Henrique recebeu de Yago Felipe e exigiu grande defesa de Daniel. O castigo veio aos 13 minutos. Moisés cruzou rasteiro e Yuri Alberto, livre de marcação, completou para o gol.

Assim como aconteceu no primeiro tempo, o Internacional recuou e passou a apostar no contra-ataque. E a tática quase deu certo aos 28 minutos. Taison desceu em velocidade e tocou para Yuri Alberto chutar em cima de Marcos Felipe. Aos 39, o Fluminense conseguiu o empate.

Após sobra do escanteio, Egídio mandou para a área e Nino cabeceou no canto de Daniel. O jogo ficou eletrizante nos minutos finais. Cuesta recebeu de Lindoso e chutou rente à trave Aos 47 minutos, em lance parecido com o primeiro, Cuesta cruzou e Edenilson apareceu entre os zagueiros para colocar o Inter novamente na frente.

E tinha tempo para mais. O Fluminense se lançou em busca do empate e levou o quarto no contra-ataque, aos 49. Paolo Guerrero recebeu de Palacios, invadiu a área e chutou cruzado para encerrar um jejum de quatro meses.

No próximo domingo, o Internacional enfrenta o Santos, às 18h15, na Vila Belmiro, pela 17.ª rodada do Brasileirão. Já o Fluminense vai até o Equador na quinta-feira enfrentar o Barcelona, pelas quartas de final da Copa Libertadores. No Rio de Janeiro, os times empataram por 2 a 2.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 4 X 2 FLUMINENSE

INTERNACIONAL - Daniel; Saravia (Heitor), Victor Cuesta, Bruno Méndez e Moisés; Rodrigo Lindoso (Boschilia), Rodrigo Dourado, Edenilson e Patrick (Palacios); Yuri Alberto e Taison (Guerrero) Técnico: Diego Aguirre.

FLUMINENSE - Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Egídio; André, Yago Felipe (John Kennedy), Martinelli (Nenê) e Ganso (Wellington); Abel Hernandez (Bobadilla) e Luiz Henrique (Matheus Martins). Técnico: Roger Machado.

GOLS - Edenilson, aos sete, e Yago Felipe, aos 44 minutos do primeiro tempo; Yuri Alberto, aos 13, Nino, aos 39, Edenilson, aos 47, e Guerrero, aos 49 minutos do segundo tempo

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira (SP)

CARTÕES AMARELOS - Yuri Alberto (Internacional)

RENDA E PÚBLICO Portões fechados

LOCAL - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).