‘Hora de tirar o mofo da mala’: conheça a história de quem pagou pacote na pandemia e vai viajar agora em 2022

Graziela Rezende| 09/05/2022- 07:00

Casal na última viagem, em que percorreram mais de 4 mil km de carro. Foto: Redes Sociais/Reprodução
Quem viu a mala criar mofo nos últimos meses não quer saber de outra coisa, agora, em 2022: viajar. O sonho, principalmente de quem pagou pacotes e teve as viagens adiadas durante a pandemia, é reorganizar datas e postar “hashtag partiu” o mais breve possível. As agências, consultadas pelo Midiamax nos últimos dias, foram unânimes em dizer que a procura aumentou, ao menos 40%, desde o início do ano, principalmente por conta do relaxamento de medidas restritivas impostas pela covid
A empreendedora Lidiane Aparecida Rabelo de Souza, de 31 anos, e o bancário Luan Gabriel de Souza, de 24, estão com as malas prontas. Na manhã desta segunda-feira (9), embarcam de Campo Grande para São Paulo, depois Turquia e, em seguida, Atenas, na Grécia, onde iniciam o percurso de barco até Santorini. Isso tudo após esperarem 2 anos pela tão sonhada viagem.
“Eu e o meu marido somos apaixonados por viagens. Aliás, é uma das coisas que mais gostamos de fazer, então, quando a gente pode, a gente está viajando, tanto que temos tatuagens de viagens no pulso. E Santorini, na Grécia, para mim, era um sonho a ser realizado, algo que eu sempre achei inalcançável por conta dos valores”, afirmou Lidiane.
Pacote estava 40% mais barato na pandemia, relembra empreendedora
No entanto, na pandemia o casal viu a grande oportunidade. “Todos os pacotes que eu via eram totalmente fora das nossas condições financeiras, só que aí veio a pandemia e os valores ficaram mais em conta. Foi nessa época, em 2020, que achei um pacote para lá por quase metade do valor. Muito mais barato mesmo, só que justamente na pandemia”, argumentou a empreendedora.

casal viagens 4 1
Lidiane e Luan na praia, durante viagem de lua de mel. Foto: Redes Sociais/Reprodução
Desde então, aguardando ansiosamente, o casal passou todo esse período sem viajar e somente neste ano é que programaram a viagem para o exterior. “O lado positivo é que conseguimos comprar o pacote e o ruim é que veio a pandemia. A compra foi em março de 2020 e, logo depois, a Grécia fechou para os brasileiros. Aliás, foi um dos países que mais demoraram para abrir novamente, principalmente por conta dos surtos da doença. Agora, em fevereiro deste ano, as coisas começaram a normalizar por lá”, disse Lidiane. 
Neste fim de semana, Lidiane e o esposo estavam nos últimos preparativos para a viagem e falam que “será um sonho realizado”. “Ao mesmo tempo que tivemos esse tempo todo de espera, estamos muito agradecidos por este momento. Vai ser um sonho com certeza. Estamos juntos há 7 anos, 4 deles casados e pretendemos voltar grávidos de lá”, brincou a empreendedora.
Casal fez tatuagens simbolizando amor por viagens

casal viagens 1
Casal possui tatuagens que simbolizam o amor por viagens. Foto: Redes Sociais/Reprodução
No pulso de cada um, as tatuagens simbolizam o amor pelas viagens. Lidiane possui um globo com dois viajantes e um avião. Já Luan, no braço direito, tem uma rosa dos ventos e um avião decolando. “Desde a nossa primeira viagem, de lua de mel, quando nos casamos no civil e fomos para Natal, vimos essa paixão por viagens em comum. Aliás, nem eu, nem ele conhecíamos o mar. Nós conhecemos juntos e foi muito especial a nossa lua de mel”, brincou. 
Neste ano, diferente de todas as viagens feitas de avião, o casal pegou o carro e percorreu mais de 4 mil quilômetros, saindo de Campo Grande rumo a Foz de Iguaçu, depois para Gramado e, em seguida, para Praia Grande, no Rio Grande do Sul, onde fizeram passeio de balão e conheceram os cânions. 
“Gostamos muito de explorar, de andar, já fizemos uma viagem internacional, para Buenos Aires. Só que andamos tanto lá que, durante a noite, nem conseguimos fazer nada direito. E também passamos por perrengues, nem tudo são flores. Uma vez alugamos um carro para ir ao Guarujá, só que chegando lá eles mandaram para outro aeroporto e nem quiseram saber de nos ajudar, de dar suporte. Tivemos que entrar na Justiça para receber o valor e depois eles apreenderam contas quando ganhamos a ação. Mas, o pior foi uma viagem ao Paraguai recentemente, em que o motorista de um caminhão bateu na traseira do nosso carro e fugiu. Só que deu tudo certo e ninguém nos parou no caminho, graças a Deus”, relembrou.

casal viagens 3
Casal fala que "também teve perrengues" durante viagens. Foto: Redes Sociais/Reprodução
Agente de viagens ressalta importância das agências 'sérias'
A agente de viagens, Heloisa Gonçalves, ressalta a importância das pessoas buscarem uma agência séria e que garanta todo o processo de compra, dos passeios e demais itens da viagem. 
“É só uma agência séria e comprometida que vai dar a segurança daquele passeio, daquela viagem que você tanto espera. É a garantia, a certeza de realização de um serviço. Eu sempre digo que investir em viagens é investir em si próprio. Eu atuo neste ramo desde 2018 e foi em 2020 mesmo que eu vi a paradeira. As pessoas adquiriram pacotes e ficaram aguardando o momento certo, que é agora no caso”, falou.
De acordo com Gonçalves, em alguns lugares estão exigindo comprovantes de vacina, mas, as viagens retomaram a todo vapor, com o crescimento de ao menos 40% na procura, na opinião da agente. “Estamos todos na expectativa, de tudo voltar ao normal o quanto antes. Estamos tendo muitas remarcações e acho que a tendência é só melhorar”, finalizou.