Fiscalização encontra mercados e açougues vendendo carne ‘podre’ até com moscas em MS

Polícia descartou quase 4 toneladas de alimentos sem condições para consumo

Marcos Tenório Publicado em 16/12/2021, às 14h34

Carnes estavam até com moscas - Divulgação/PCMS

Operação da Polícia Civil identificou mercados e açougues que vendiam carne estragada até com moscas no interior de Mato Grosso do Sul. A fiscalização ocorreu entre os dias 11 e 15 de dezembro em estabelecimentos das cidades de Nioaque, Guia Lopes da Laguna, Jardim e Bonito. No total, foram descartadas 4 toneladas de carne estragada que não estavam em condições de consumo.

Conforme a polícia, também havia queijos estragados. Durante a ação, os agentes identificaram que supermercados, mercearias e açougues vendiam carnes de abate clandestino, charque e linguiça que estavam sendo produzidas sem inspeção sanitária.

Só em Bonito, cidade turística de MS, foram apreendidas 2,8 toneladas de alimentos. No balcão de um açougue, os agentes encontraram moscas junto às carnes que estavam expostas. Os produtos foram descartados em vala séptica. 

A ação foi realizada pela Decon (Delegacia Especializada de Proteção ao Consumidor) em conjunto com a Iagro (Departamento de Inspeção e Defesa Agropecuária de Mato Grosso do Sul) e as vigilâncias sanitárias estadual e municipais.