Em uma semana, MS tem 1,1 mil novos casos e 3 mortes por dengue

Com a crescente do número, totalidade de casos confirmados subiu para 23.796

Na tarde desta quarta-feira (6), a SES (Secretaria de Estado de Saúde) divulgou um novo balanço do panorama do quadro da dengue em Mato Grosso do Sul que conteve três novas mortes em Caarapó, Costa Rica e Naviraí. No período de uma semana, 1.142 novos casos foram confirmados e a totalidade subiu para 23.796. No boletim epidemiológico, a morte em Caarapó é uma de idosa de 77 anos que faleceu no dia 31 de março e entrou nas estatísticas com comorbidades de diabetes, hepatopatias, doença renal crônica e hipertensão. Em Costa Rica, um idoso de 72 anos faleceu no dia 1° de maio contendo doenças hematológicas e doenças auto-imunes como comorbidades. Em Naviraí, o rapaz de 38 anos morreu no dia 16 de abril e tinha diabetes. Na série histórica, o ano de 2020 é o quarto com o maior número de casos notificados da doença em Mato Grosso do Sul com 54,191, perdendo somente para os anos de 2016, 2019 e 2013. Campo Grande lidera o ranking de casos confirmados com 7.704 casos confirmados. Três Lagoas vem logo em seguida com 2.434 casos e Corumbá com 718.