Em sete dias, número de notificações de dengue cresce 8,10% em Campo Grande: 2.222 novos casos

Por Anderson Viegas, G1 MS

Mosquito Aedes aegypti é o transmissor da dengue — Foto: Reprodução/TV Morena

Em um período de sete dias o número de notificações de dengue cresceu 8,10% em Campo Grande, conforme a secretaria municipal de Saúde (Sesau). No boletim epidemiológico com dados até 30 de abril haviam sido notificados 27.417 casos e, no que apresenta informações atualizadas até 7 de maio, a quantidade subiu para 29.639, ou seja, 2.222 novos registros.

Nestes 127 dias, a média é de 233 notificações por dia; 9,7 por hora e um registro a aproximadamente a cada 6 minutos.

A comparação dos dados dos dois boletins aponta que o número de notificações confirmadas como casos da doença permanece o mesmo, 4.729; assim como o de casos graves de dengue, 11. Entretanto, houve um aumento na quantidade de mortes provocados pela doença, que subiu de 7 para 8.

O número de notificações desta parcial de pouco mais de quatro meses de 2019, já é maior do que o total registrado nos anos de 2018 (2.616 notificações), 2017 (3.190) e 2016 (28.469).

Por conta da epidemia da doença, a prefeitura de Campo Grande decretou situação de emergência no dia 8 de março. A medida, vale por 180 dias e possibilita que durante esse período o município compre bens necessários ao atendimento à população e combate ao mosquito Aedes aegypti, além de contratar serviços, sem a necessidade de licitação.