Diego decide e Flamengo vence Chapecoense fora de casa

Por Assessoria

20171015190347-722

Diego voltou a ser decisivo com a camisa do Flamengo. – Foto: Assessoria

O Flamengo entrou em campo precisando da vitória para afastar uma sequência incômoda de resultados adversos e também para se manter no pelotão da frente na classificação. Com esse objetivo em mente, o time foi superior à Chapecoense durante os 90 minutos do jogo neste domingo, na Arena Condá, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. No final, Diego decidiu e o Mais Querido venceu por 1 a 0, conquistando os três pontos e cumprindo a missão. O placar foi justo para o time que procurou mais, teve mais a bola nos pés e quando precisou se recuperar de um momento ruim, teve a cabeça no lugar. Agora, o Flamengo se prepara para o jogo contra o Bahia, na próxima quinta-feira (19), na Ilha do Urubu, às 21h.
O Flamengo começou bem o primeiro tempo e querendo fazer o resultado cedo. Mas isso abriu espaços para a Chapecoense, que contava com a Arena Condá lotada para fazer pressão e contra-atacar. Mas o primeiro lance foi mesmo do time da Gávea. Aos cinco, Éverton Ribeiro recebeu cruzamento de Trauco e achou Guerrero, mas o goleiro Jandrei chegou primeiro e evitou que a bola alcançasse o peruano. No rebote, Cuéllar chutou em cima da defesa. Dez minutos depois, Diego teve boa cobrança de falta na entrada da área, mas chutou nas mãos de Jandrei.

O Flamengo gostava do jogo. Arão e Everton Ribeiro tabelaram e a bola sobrou no pé esquerdo do camisa sete, que buscou o ângulo, mas chutou por cima do gol da Chapecoense. Com mais posse de bola (53%), o Mais Querido pouco foi ameaçado, mas também não conseguiu acertar o chute para abrir o marcador e o primeiro tempo acabou mesmo no 0x0.

A etapa final começou mais elétrica e com uma boa chance dos donos da casa. Reinaldo cruzou na cabeça de Túlio de Melo, que cabeceou para o chão, mas Diego Alves fez ótima defesa. Na sequência, Pará arrancou pela direita e optou pelo chute em vez de cruzar e a bola saiu para fora sem perigo. Melhor no jogo, o Flamengo teve outra grande oportunidade aos 10. Diego driblou Jandrei, mas procurou Guerrero ao invés de bater para o gol.

O Peruano teve sua melhor chance aos 20, em cobrança de falta na entrada da área. A barreira ficou muito próxima e complicou a batida. Guerrero procurou o ângulo direito do goleiro, mas a bola subiu demais. E aos 27, a melhor chance. Guerrero bateu para o gol, mas a bola bateu na mão de Douglas dentro da área. Pênalti que Everton Ribeiro cobrou no meio, mas Jandrei caiu e pegou a bola.

O jogo caminhava para o empate, foi quando Diego apareceu. Arão fez grande lançamento para Berrío na direita. O colombiano segurou a bola e esperou o camisa 35 chegar em condições para passar. Diego recebeu, ajeitou e chutou sem chance de defesa para Jandrei, abrindo o placar aos 34. O Flamengo ainda teve mais uma chance de ampliar, com Berrío, no final, mas não precisou. Vitória assegurada e três pontos na mala.