Dicas para quem prefere ficar longe dos parques temáticos em Orlando

Um dos destinos de férias preferidos de muitos sul-mato-grossenses, Orlando tem muito mais a oferecer do que Walt Disney

Paulo Nonato de Souza
Clearwater Beach é famosa por suas belas praias, consideradas as mais atraentes dos Estados Unidos, na frente inclusive das havaianas e californianas (Foto: Reprodução)
A grande meca dos parques temáticos. É como Orlando, no estado americano da Flórida, tornou-se internacionalmente conhecida, mas a cidade que está entre os destinos preferidos na programação de férias de muitos sul-mato-grossenses tem muito mais a oferecer do que o mundo encantado de Walt Disney.
Orlando sempre lembra Disney e seus famosos personagens infantis. No entanto, se você quer fugir do Mickey, Pluto, Pato Donald, Minnie e Pateta, há muitos atrativos para curtir a cidade sem se sentir atraído por nenhum dos parques, algo (quase) inevitável especialmente quando há crianças na programação. O canal de turismo Lugares Por Onde Ando, do Campo Grande News, visitou vários atrativos nos arredores de Orlando e listou alguns, como Tampa, Cocoa Beach, Clearwater, Saint Petersburg, Winter Park e Celebration, todos com distâncias entre 11 km a 174 km, que você pode visitar no sistema de bate-volta em cada dia da sua permanência na cidade. É cada lugar mais interessante que a outro, seja pela sua história, praias, museus, belezas arquitetônicas ou pelo modo de vida de seus habitantes, um sem-fim de cenários para eternizar na memória e encher de fotos os seus perfis nas redes sociais, incluindo Cabo Canaveral, onde está o Kennedy Space Center, o centro aeroespacial da Nasa. As distâncias não são longas, os ônibus de excursões circulam diariamente pelas largas e bem cuidadas highways (rodovias), mas se você estiver disposto a percorrer os arredores de Orlando com o conforto de poder decidir para onde ir e na hora que quiser ir, o ideal é alugar um carro.
Rodovia de acesso a Tampa, uma cidade de 340 mil habitantes a 136 km de Orlando (Foto: Reprodução)Rodovia de acesso a Tampa, uma cidade de 340 mil habitantes a 136 km de Orlando (Foto: Reprodução)
1 – Tampa: praias e automobilismo O acesso desde Orlando é pela Interstate 4 (1-4) com distância de 136 km. No caminho, se você curte automobilismo, poderá visitar Daytona Beach, sede da Nascar, principal entidade automobilística dos Estados Unidos, e do maior circuito de provas da Stock Car americana, o Daytona International Speedway. Orlando fica exatamente no meio do caminho entre Tampa e Daytona Beach, duas cidades com belas praias entre seus atrativos turísticos.
Tampa está a oeste de Orlando. Normalmente o que mais atraem os turistas para esta cidade fundada em 1823 são os loopings radicais e os safáris do Busch Gardens Tampa, um parque temático animal focado na África do Século XIX com área de 136 hectares, mas se este não for o seu objetivo, então sugiro conhecer Ybor City, um bairro histórico de Tampa que começou a ser formado nos anos de 1880 por imigrantes espanhóis, italianos, principalmente cubanos fabricantes de charutos. Visitar Ybor City é se sentir em Cuba. 2 - Saint Petersburg De clima tropical e nome de cidade russa, a 172 km de Orlando a cidade de Saint Petersburg tem fama de fazer calor o ano inteiro. É conhecida como a cidade do sol brilhante, a Sunshine City, reduto de americanos durante o inverno e belas praias, mas vale a pena incluir no roteiro uma visitação aos seus inúmeros museus. Aliás, o que mais tem em Saint Peterburg é galeria de arte e museus, tem até o Museu do Holocausto, outra alternativa cultural muito interessante, além de restaurantes e cafés nas calçadas. Assim, por mais que seja convidativo curtir o sol nas praias de St. Pete, uma referência carinhosa que você ouve por toda parte, sem dúvida uma das principais atração local é o Museu Salvador Dalí, o The Dalí Museum, que abriga a mais ampla coleção de quadros do pintor catalão, fora da Europa, com 1.500 peças, entre quadros, desenhos, esculturas e filmes. De cara, o museu dedicado a Salvador Dalí, um moderno centro de artes construído à beira-mar por US$ 36 milhões (R$ 122 milhões), já chama a atenção pelas suas formas arquitetônicas. O prédio é um retângulo de concreto, muito aço e vidro em meio a um belo jardim. 3 - Winter Park Distante apenas 11 km de Orlando, Winter Park é uma cidadezinha de vida pacata que não tem praia, apenas grandes lagos, é bastante arborizada, e pela tranquilidade do lugar, se tornou uma espécie de refúgio de muitas famílias de cidades vizinhas nos fins de semana.
Um dos pontos de encontro em Winter Park é o Central Park, bem modesto em comparação com o de Nova York, mas muito legal também, e outro programa interessante é o passeio pelos sete lagos da cidade em um barquinho quadrado, parecido com uma jangada, que passa por becos de se duvidar que conseguirá passar. No trajeto do Scenic Boat Tour por entre canais com matas de lado a lado, você pode apreciar a simplicidade dos moradores. 4 - Celebration A 33 km de Orlando, Celebration faz você se sentir em um daqueles desenhos animados de Walt Disney. E nem é coincidência porque a cidade de pouco mais de 9 mil habitantes foi construída de maneira planejada em terras da Walt Disney World. A cidade está a 15 minutos de distância da Disney World e a menos de 30 minutos da International Drive, uma avenida superlarga de Orlando com gigantescos outlets, lojas de produtos eletrônicos e restaurantes, muitos deles comandados por brasileiros. Celebration é tudo o que ninguém, ou quase ninguém pensa visitar quando planeja uma viagem para Orlando. É uma cidade diferente não só na arquitetura das casas e prédios, todos construídos no mesmo padrão, mas também no comportamento. Além da limpeza das ruas arborizadas, aqui não tem shoppings nem supermercados ou hipermercados, opções de baladas então, nem pensar. Há regras rígidas de silêncio em lugares públicos. 5 – Clearwater Beach É uma cidade de 107 mil habitantes, distante 170 km de Orlando. Fundada em 1835, é famosa por suas belas praias, consideradas as mais atraentes dos Estados Unidos, na frente inclusive das havaianas e californianas, e os hotéis à beira-mar têm diárias entre 100 e 150 dólares. Vale a pena fazer mais do que um bate-volta para Orlando.
O final da tarde em Clearwater Beach é encantador por conta do pôr do sol que deixa a água do mar com tom alaranjado. Seu calçadão e o vai e vem de pessoas bronzeadas lembra as melhores praias brasileiras, não fosse o diferencial da limpeza. Apesar da beleza, e temperatura entre 18 e 28 graus mesmo no inverno, o lugar ainda é pouco conhecido dos brasileiros e até dos americanos. Clearwater Beach não recebe muitos turistas e isso é um fator positivo para quem gosta de paz e tranquilidade mesmo nas praias.
Estátua do americano Kelly Slater, considerado o Pelé do surf, é um atrativo turístico em Cocoa Beach (Foto: Reprodução)Estátua do americano Kelly Slater, considerado o Pelé do surf, é um atrativo turístico em Cocoa Beach (Foto: Reprodução)
6 - Cocoa Beach É outra cidade de praia nos arredores de Orlando. Distante 96 km, Cocoa Beach é um dos principais destinos turísticos da Flórida. Se for de carro, o tempo de viagem é de apenas 1 horas. É um dos lugares preferidos dos turistas, mas principalmente dos surfistas, tanto que tem até um museu exclusivamente dedicado ao surf.
Cocoa Beach é a cidade onde vive Kelly Slater, o Pelé do surf. Tem até uma estátua dele em cima de uma prancha como atrativo turístico na 505 Orlando Ave, e outra na frente da loja Ron Jon Surf Shop, uma espécie de shopping do surf. Se estiver de carro e com tempo, sem disposição para curtir praia, você pode optar por rodar 211 km desde Cocoa para visitar Saint Augustine, a cidade mais antiga dos Estados Unidos um centro histórico cheio de ruazinhas, ou viajar 8,4 km para conhecer Cabo Canaveral, o Kennedy Space Center, centro aeroespacial da Nasa. Quando ir a Orlando – A Flórida tem clima parecido com o do Brasil, e o verão é mais chuvoso e o inverno mais seco, outra semelhança climática. Não por acaso você encontra muitos brasileiros por toda parte em Orlando. A média anual de temperatura na cidade é de 23ºC, e no inverno a média fica na casa dos 17ºC. Junho, julho, agosto e setembro são os meses mais chuvosos. O período dos furacões é outro fator importante para se observar antes de fazer as malas. Na Flórida a temporada dos furacões vai de 1º de junho a 30 de novembro. Nem sempre viajar nesse período para Orlando, por exemplo, significa ter de enfrentar algum tipo de fúria da natureza, mas é bom estar preparado porque isso pode acontecer.
Lugar famoso pelo automobilismo americano, Daytona Beach fica no caminho entre Orlando e Tampa (Foto: Reprodução)Lugar famoso pelo automobilismo americano, Daytona Beach fica no caminho entre Orlando e Tampa (Foto: Reprodução)
Cabo Canaveral, o Kennedy Space Center, centro aeroespacial da Nasa, distante 8,4 km de Cocoa Beach e a 78 km de Orlando (Foto: Reprodução)Cabo Canaveral, o Kennedy Space Center, centro aeroespacial da Nasa, distante 8,4 km de Cocoa Beach e a 78 km de Orlando (Foto: Reprodução)