Warning: Parameter 2 to M_DataMapper::set_custom_wp_query_where() expected to be a reference, value given in /home/ancorane/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php on line 286

Warning: Parameter 2 to M_DataMapper::set_custom_wp_query_groupby() expected to be a reference, value given in /home/ancorane/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php on line 286

Warning: Parameter 2 to M_DataMapper::set_custom_wp_query_fields() expected to be a reference, value given in /home/ancorane/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php on line 286

Warning: Parameter 2 to M_DataMapper::set_custom_wp_query() expected to be a reference, value given in /home/ancorane/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php on line 286
De novo? Sistema do Detran-MS volta a cair e departamento culpa queda de link – Ancora News

De novo? Sistema do Detran-MS volta a cair e departamento culpa queda de link

O órgão prometeu que um novo link será instalado nos sistemas em até 90 dias

Duas semanas após anunciar que trocaria a operadora de link que fornece suporte, o sistema do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) voltou a apresentar falhas nesta terça-feira (3) e não data para restabelecer. O link da Oi, empresa de telefonia, será trocado e custará R$ 2,7 mil e deve ser mudado em até 90 dias. Conforme o órgão, o sistema está apresentando “lentidão e oscilação” e voltou a afirmar que a culpa do problema é a falha no link da operadora com base nacional. “Os técnicos já foram acionados, mas ainda não há previsão para que o sistema estabilize”, disse Detran-MS em nota. O departamento orientou os usuários a ligarem no call center do Detran antes de ir em uma agência. Basta ligar no (67) 3368-0500.

Prometeu soluções

As constantes quedas de sistema do Detran-MS que interrompem serviços e irritam usuários estariam com os dias contados. Pelo menos é isso o que prometeu o órgão, que agora trocará a operadora de linha de dados por uma nova. Em entrevista coletiva no dia 21 de agosto, o diretor-presidente do órgão, Luiz Rocha, afirmou que os problemas recorrentes acontecem por uma falha em uma linha que a operadora Oi fornece ao local. “A providência que iremos tomar vai ser suspender os serviços com a Oi e contratar uma nova fornecedora. Quem vai fornecer essa nova linha será a Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) e a recomendação de mudança veio da Serpro também”, afirma Luiz. A nova linha vai começar a funcionar em um prazo de 60 a 90 dias. Toda a instalação vai custar R$ 2,7 mil. A operadora Oi já foi notificada e deverá restabelecer esses links e conexões até que as novas instalações estejam disponíveis.