Com 960 casos de coronavírus, moradores reclamam de festas e bares cheios em Miranda

Moradores de Miranda, a 180 quilômetros de distância de Campo Grande, reclamam de festas clandestinas e bares lotados. Mesmo com 960 casos confirmados de coronavírus, jovens se aglomeram na região central da cidade. De acordo com um morador, que preferiu não se identificar, frequentemente bares ficam cheios durante o fim de semana e mesmo acionando a polícia, as festas não são encerradas. Nas imagens, pessoas se aglomeram sem máscaras. “Dá medo porque aqui tem muitos casos e mortes”, lamenta. Conforme a atualização do boletim epidemiológico municipal, são 113 casos ativos em isolamento domiciliar, 3 internados no hospital da cidade e 10 em outros municípios. Miranda já soma 14 óbitos em decorrência da doença.
LEIA TAMBÉM: