Chuva ajuda a conter focos de incêndio no Pantanal de Mato Grosso do Sul

Umidade trazida pela precipitação freou o avanço das chamas em vários pontos
29/08/2021 14:46 - Ricardo Campos Jr


A chuva que atinge Mato Grosso do Sul desde sábado (28) ajudou no trabalho de combate aos incêndios no Pantanal. Segundo informações do Governo do Estado, praticamente todos os focos de calor foram extintos.

Os pontos mais afetados eram Carandazal, Abobral, Forte Coimbra e Nhecolândia. Bombeiros ainda estão nesses locais caso as chamas voltem a surgir.

A corporação informa que as condições climáticas favoráveis foram determinantes para a melhora da situação. 

Três das seis equipes na linha de frente do combate às queimadas no Pantanal já retornaram ao quartel em Corumbá, base da operação para controlar o avanço dos pontos de calor.

Embora a chuva não tenha sido grande em volume, ajudou a elevar a umidade da vegetação, controlando o avanço do fogo. 

As equipes de bombeiros e brigadistas estão há 58 dias na região combatendo os incêndios nas matas. 

Bombeiros combatem incêndio na região do Abobral - Divulgação / Governo

ORGANIZAÇÃO 

Batizada de Hefesto, deus grego do fogo, a operação envolve mais de 140 pessoas. Elas contam com viaturas e três aeronaves Air Tractor.

Bases foram montadas na fazenda BrPec (Miranda), Forte Coimbra e Corumbá para a operação das aeronaves.

Antes da chuva, as chamas já haviam chegado ao Morro do Urucun, onde há reservas de minério de ferro e manganês.