Chocolate faz mal na TPM? Entenda os mitos e verdades durante o período

Profissionais da saúde orientam sobre o que é verdade ou não na TPM

Que mulher nunca comeu chocolate demais durante a TPM (Tensão Pré-Mestrual)? Ou que nunca ouviu da mãe/vó que andar descalço pode dar cólicas? Profissionais da saúde explicam o que é verdade ou mito durante esse período tenebroso para as mulheres.
Conforme a médica ginecologista e obstetra, Maria Auxiliadora Budib, a TPM é a denominação dada aos sintomas que podem acompanhar a mulher no período pré-menstrual. Em geral, se apresenta na mulher com ciclo sem interferência de hormônios exógenos; por exemplo anticoncepcional. Cada organismo é diferente e os sintomas são variados, porém, os mais comuns são de irritabilidade, fadiga, ansiedade ou depressão a partir do meio do ciclo menstrual. Outras se queixam de inchaço, aumento do apetite, dor de cabeça, alterações importantes na pele como acne, aumento de oleosidade e cólica menstrual.
Comer chocolate faz mal? “A compulsão por doces e em especial aos achocolatados, é comum nas que apresentam ansiedade. E isso pode melhorar quando se consome pequena quantidade mas pode piorar se for consumo exagerado; além de sempre trazer o efeito de ressaca moral e baixa autoestima se trouxer aumento de peso”, explica a profissional. Outro mito que já passou de geração em geração é que andar descalço aumenta a dor da cólica. “Outra lenda é não lavar os cabelos a noite no pré-menstrual. Não há aumento de fluxo ou de dias de menstruação caso sua opção seja lavar as madeixas neste período. ” A ginecologista ainda alerta que a prescrição do anticoncepcional deve ter feita com um profissional de confiança para que os sintomas possam amenizar o desconforto durante o tempo. “Há aquele velho desejo de usar o que a amiga usa e ajuda. Somos únicas. Há quem se beneficie por diminuição de cólicas, por melhora da acne. Há quem sinta o oposto, entende? E por você ser única, atente se ao que te faz bem. Lembre se que ser mulher é ter tanta complexidade e simplicidade ao mesmo tempo. Viva! Faça sua visita anualmente ao seu médico e mantenha uma rotina saudável”, orienta. Alimentação leve reduz os sintomas Manter uma alimentação mais leve, natural e fazer exercícios físicos pode auxiliar na redução dos danos. A nutricionista funcional Fatima Aparecida. “As suas escolhas alimentares podem tornar esse período mais tranquilos ou cheio de desequilíbrios e desconfortos. Alguns nutrientes e alimentos que devem ajudar nesse momento, como a vitamina B6 Piridoxina, um nutriente que atua como cofator da serotonina (um hormônio do bem-estar), ajuda a diminuir a irritabilidade, ansiedade, alivia o endurecimento e o inchaço dos seios e também a retenção líquida. Ajuda a diminuir a compulsão alimentar. Um exemplo é comer cereais integrais como arroz integral e aveia, couve flor, feijão, banana, abacate, uva passas, nozes e soja. ” Outros alimentos que ajudam a como fonte alimentar são: leite, ovo, carnes magras, banana, chocolate, soja, castanhas, lentilha, legumes verdes, cacau, fontes de óleo com vitamina E, como óleo de girassol, milho, azeite e abacate. “Precisamos reduzir o consumo, neste período, de alimentos refinados como massas, açúcar e farinha, são alimentos que causarão uma sensação de bem-estar falsa, mas a queda da glicemia gera mal estar, irritabilidade e ansiedade. Reduza a ingestão de sal, café, alimentos que contém cafeína e álcool. São medidas que ajudar a evitar a retenção líquida e o aumento da ansiedade nesse período”, orienta.
(Foto: Divulgação)
Segundo a nutricionista, uma dica para quem come bastante doce é fazer a barrinha de cereal caseira e com apenas cinco ingredientes: 2 Bananas. 3 Colheres de sopa de mel ou melado. 6 Colheres de sopa de granola. 5 Colheres de sopa de aveia de flocos. ½ Barra de chocolate picada. Modo de prepara: Deixe o forno pré-aquecido em 180°C. Amasse a banana com um garfo. Misture a granola, aveia e o chocolate. Em seguida, acrescente o mel e por fim a banana. Misture bem até não ver mais a massa da banana. Despeje a mistura em uma forma untada com manteiga e esparrame bem com a ajuda de uma espátula, até que a massa fique lisinha na forma. Faça marcação do tamanho que quer que fique a barrinha. Leve ao forno por 30 minutos, espere esfriar e se sirva. Boa apetite!