Casal morreu prensado pelo motor de carro em acidente com 3 mortos na BR-060

Honda Civic era conduzido por uma médica que saía de plantão de 12h e voltava para Campo Grande

Thatiana Melo e Danielle Errobidarte Publicado em 11/03/2022, às 09h02

(Nathália Alcântara, Midiamax)

O acidente que matou três pessoas na BR-060, entre Sidrolândia e Campo Grande, na manhã desta sexta-feira (11), teria sido provocado quando o Honda Civic invadiu a pista contrária. Em um dos carros estava uma médica, que havia acabado de sair de plantão de 12h e voltava para Campo Grande.

O acidente aconteceu a 30 quilômetros de Campo Grande, antes das 7 horas da manhã desta sexta (11). Informações passadas são de que um casal estava no Nissan March, Fabiana Miranda e Júnior Rodrigues, em direção a Sidrolândia e o outro veículo, o Honda Civic, estava no sentido Campo Grande. Equipe de uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chamada para dar apoio reconheceu a médica, que trabalhava no mesmo posto dos socorristas, Carime Mustafa Moussa.

Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), pelo ponto da batida, o Honda Civic teria invadido a pista contrária, provocando a colisão frontal. Com o impacto, o motor e o painel do Nissan esmagou o casal que morreu no local. A condutora do Honda também morreu no local do acidente. Fabiana tinha vindo para Campo Grande junto do marido para passar por uma consulta médica e estavam retornando para Jardim. O casal tinha dois filhos pequenos