Brasil leva ouro no revezamento misto do triatlo e na canoagem

29 JUL 19 - 13h:38RAFAEL RIBEIRO      O Brasil acabou de faturar seu sexto ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019. A medalha dourada veio no revesamento misto do triatlo, com o quarteto formado por Lusia Baptista, Kaue Willy, Vittoria Lopes e Manoel Messias. O pódio foi completo pela equipe norte-americana, que levou a prata chegando 36 segundos depois do quarteto brasileiro, e do México, que ficou com o bronze. A medalha é a quarta da equipe brasileira no triatlo. Lusia Baptista e Vittoria Lopes faturaram as medalhas de ouro e bronze, respectivamente, na prova feminina. Já Manoel Messias pegou a prata no masculino. Isaquias Queiroz é ouro e Vagner Souta leva bronze na canoagem O Brasil aumentou sua quantidade de medalhas na manhã desta segunda-feira, na disputa da canoagem do Pan-Americano, em Lima, no Peru. O medalhista olímpico Isaquias Queiroz aumentou seu hall de medalhas com novo ouro, no C1 1000m, enquanto Vagner Souta levou o bronze no K1 1000m. Isaquias fez o tempo de 1min49s093 para chegar no lugar mais alto do pódio nesta manhã gelada em Lima no bicampeonato. A prata ficou com o cubano Fernando Jorge, com o tempo de 1min49s144, enquanto o canadense Drew Hodges marcou o tempo de 1min55s501 e alcançou o bronze. Um pouco antes, Vagner Souta completou a prova com apenas 53 milésimos de diferença para o medalhista de prata, o canadense Marshall Hughes. O ouro ficou com argentino Augustin Vernice. A medalha é a terceira da carreira dele no Pan, depois de uma prata e um bronze no K2 e no K4 em 2015. Com o resultado, o Brasil chega a 15 medalhas em seu quadro, com cinco ouros, quatro pratas e seis bronzes. A liderança segue com Estados (24 no total) e a vice-liderança com o México (22 medalhas).