Bebê encontrado em sacola plástica morre após 5 dias internado em hospital

A mãe do bebê teria tentado fazer um aborto

Morreu na noite deste domingo (13), no hospital da cidade de Dourados a 225 quilômetros de Campo Grande, o  que foi encontrado dentro de uma sacola plástica em uma rua de Ponta Porã, no dia 9 deste mês. O bebê, um menino de 25 semanas, morreu depois de passar quatro dias internado na  (Unidade de Tratamento Intensivo) neonatal com ventilação mecânica. A mãe do bebê é uma adolescente que tentou fazer um aborto. O caso é acompanhado pela Polícia Civil e também pelo Conselho Tutelar. Em um primeiro momento a mulher de 26 anos, que encontrou o bebê disse que tinha ouvido o choro da criança. Então, percebeu o  no saco plástico, na calçada na frente de casa. No entanto, depois desmentiu a versão. Ela  acabou revelando que a mãe da criança era uma adolescente, moradora no mesmo bairro que ela. Como a jovem estava escondendo a gravidez da família, acabou tomando medicamento abortivo e o bebê nasceu prematuro. No entanto, a vizinha de 26 anos que foi chamada para ajudar naquele momento, ao perceber que o bebê nasceu com vida o levou ao hospital. “Cheguei na casa por volta da meia-noite, uma hora da manhã e a criança já tinha nascido e vi que tinha que levar para o hospital’, disse.