Autoridades aplicam multa de R$ 135 mil em operação contra desmatamento ilegal

Destruição do plantio aproximadamente 50 hectares de lavouras de milho e soja

Diego Alves Publicado em 17/11/2021, às 00h08

Divulgação

Operação conjunta entre o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), PMA (Polícia Militar Ambiental) e Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) realizada no Projeto de Assentamento Itamarati, localizado no município de Ponta Porã, tinha como objetivo combater o desmatamento ilegal, a invasão das áreas de reserva legal e preservação permanente, além da extração de madeira.

Foram feitas cinco autuações: Por impedir a regeneração natural da vegetação nativa da área de reserva legal, totalizando R$ 135 mil além do embargo e destruição do plantio aproximadamente 50 hectares de lavouras de milho e soja.

Durante fiscalização nas áreas de matas da reserva legal do assentamento, foram encontradas 120 (cento e vinte) lascas extraidas ilegalmente. Toda as 120 lascas, foram doada ao exercito, que foi até o local e retirou a madeira.

Os trabalhos realizados pelo Ibama, PMA e Incra, tinha ainda, como meta verificar o uso de agrotóxicos contrabadeados do Paraguai, que não possui registro no Brasil. São produtos perigosos ao meio ambiente e a saúde humana. Werneck Almada - Agente Ambiental Federal do IBAMA- Telefone 99901-8385.