Armadilha de caça de animais silvestres de grande porte é apreendida em reserva

Equipe da PMA recebeu denúncias do proprietário de uma fazenda

Diego Alves Publicado em 27/08/2021, às 20h34

Divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) apreendeu armadilha de caça de animais silvestres de grande porte e alimento em reserva de fazenda e evita caça ilegal em Bela Vista, cidade a 323 quilômetros de Campo Grande.

Equipe da PMA recebeu denúncias do proprietário de uma fazenda, localizada a 40 km da cidade, de que pessoas teriam invadido a reserva protegida da sua propriedade, possivelmente para a prática de caça nesta quinta-feira (26). A equipe foi ao local, adentrou a reserva florestal por uma trilha com indícios de entrada de pessoas e encontrou uma área que foi limpa por caçadores para uso na captura de animais silvestres.

Segundo a PMA, a área limpa foi encontrada uma armadilha do tipo jaula grande e um artefato com alimento que é utilizado para "cevar" os animais silvestres, bem como um galão plástico contendo milho e farelo de soja, tudo, para facilitar a captura de animais silvestres na armadilha, dentro a qual, também havia alimento. Os Policiais não encontraram os caçadores, até porque neste tipo de caçada, eles só voltam para conferir a possível captura de animais. O material foi apreendido.

A polícia informa que as denúncias e ajuda dos produtores e funcionários das propriedades têm funcionado para evitar o abate dos animais silvestres e outros crimes ambientais, além da redução do uso do fogo. Apreensões idênticas de armadilhas e “cevas” de caça, ainda apreensões de armas, com ajuda dos produtores já aconteceram em vários locais, como em Batayporã, Três Lagoas, Nova Andradina, Naviraí e Bonito.