Argentina sofre sua pior derrota na fase de grupos em 60 anos

Por ESPN

000-16d9qhh-1024x747

Messi: retratos de um ídolo contestado – Foto: Divulgação/Fifa/WCO 18

A Argentina está em situação delicada na Copa do Mundo. Após estrear com a estreante Islândia por 1 a 1, a equipe de Jorge Sampaoli foi atropelada pela Croácia, ao perder por 3 a 0. Uma derrota que há muito tempo o torcedor alviceleste não sentia na primeira fase de grupos do torneio.

A última vez que isso havia ocorrido fora em 1958, quando levou 6 a 1 da Tchecoslováquia, país que se dividiu em República Tcheca e Eslováquia.

Desde então, o país duas vezes campeão do mundo nunca havia sofrido um revés por uma margem de três gols de diferença neste estágio da competição.

Caballero lamenta durante derrota da Argentina para a Croácia na Copa do Mundo de 2018 Getty Images

Se for considerado qualquer tipo de duelo, a derrota para os croatas foi a terceira maior que os argentinos sofreram a partir de 1958, ficando atrás do 4 a 0 sofrido para a Holanda na segunda fase de grupos da Copa de 1974. Além disso, a Argentina também foi goleada por 4 a 0 para a Alemanha nas quartas de final de 2010.

Curiosamente, argentinos e croatas já tinham se cruzado no estágio de chaves do Mundial de 1998, o de estreia dos croatas. Na ocasião, os sul-americanos triunfaram por 1 a 0.

Com o resultado nesta quinta-feira em Nizhny Novgorod, a Croácia foi a seis pontos e já se garantiu nas oitavas de final. A Argentina tem um ponto, assim como a Islândia, que encara a zerada Nigéria nesta sexta.