Após briga judicial, Amber Heard diz que ainda ama Johnny Depp

Em entrevista ao programa Today, a atriz afirmou que tentou de tudo para reconstruir a relação com o ex-marido
| 15/06/2022
- 17:00
Jhonny Depp e Amber
Jhonny Depp e Amber (Foto: Reprodução)
A atriz Amber Heard abriu o coração sobre o ator Johnny Depp, na segunda parte da entrevista ao programa Today. Nesta quarta-feira (15), ela afirmou que ainda ama o ex-marido, mesmo após a briga judicial intensa. “Eu o amo. Eu o amava com todo o meu coração. E eu tentei o melhor que pude para fazer um relacionamento profundamente quebrado funcionar. Sem sentimentos ruins ou má vontade em relação a ele. Eu sei que pode ser difícil de entender ou pode ser muito fácil de entender, se você já amou alguém, deve ser fácil”, afirmou Amber. A atriz deverá pagar cerca de US$ 15 milhões para Depp e receberá US$ 2 milhõs do ex-marido. Amber disse que sentiu medo de ser processada novamente: “Tenho medo de que não importa o que eu faça, não importa o que eu diga ou como diga, cada passo que eu der apresentará outra oportunidade para esse tipo de silenciamento.” Na primeira parte da conversa, Amber Heard disse que “não culpa o júri” pelo veredicto favorável ao ex-marido. “Eu realmente entendo. Ele é um personagem amado e as pessoas sentem que o conhecem. Ele é um ator fantástico”, reconheceu Amber, que ainda definiu a sentença como “injusta”.